Quer pizza na Domino’s? Use o Facebook

A rede Domino’s lança em novembro o seu chatbot para pedidos via Messenger, do Facebook. Mas temos uma má notícia: ao menos por enquanto, ela estará disponível apenas em uma cidade

Shutterstock

A partir de novembro, clientes da Domino’s podem correr para o smartphone e, assim, pedir uma pizza ou outros produtos por meio do Messenger, do Facebook. Mas calma: por ora, apenas clientes de Curitiba poderão usar o mensageiro.

O nome do chat bot da Domino’s é o Pepperobot, um robô criado em parceria entre a Harlio (empresa brasileira desenvolvedora nessa tecnologia) e a rede de pizzaria Domino’s. A função do bot será facilitar os pedidos via delivery nas unidades de Batel, Ecoville, Juvevê e Portão, todos eles em Curitiba. Sem precisar de downloads, de forma gratuita, com linguagem natural e através do messenger do  Facebook, o robô informará o menu para pedido de delivery, fará o pedido e futuramente pagamentos.

“Tudo acontecerá da mesma maneira que acontece o atendimento via telefone, mas desta vez  pelo bot, na internet”, explica um dos sócios da Harlio, Diego Ramiro. De acordo com ele, atualmente a tecnologia do Pepperobot está pronta para suportar quantos usuários for necessário. “Temos como meta para o ano que vem transitar pelo menos 10% do faturamento da Domino’s pelo chatbot, ou seja, rodar mais de 1.600 pedidos por mês só nas lojas de Curitiba”, afirma Ramiro.

Desde abril deste ano o Facebook disponibilizou ferramentas para desenvolvedores de outras empresas criarem chatbots no Messenger. A novidade representa um grande avanço sobre os aplicativos tradicionais com um custo de desenvolvimento 70% mais barato que qualquer aplicativo e por conta de sua inteligência artificial, que se aperfeiçoa constantemente com as conversas e interações, eles podem interpretar seus erros e fazer sugestões.

E as perspectivas do negócio dos bots são animadoras: dados do Bank Of America Merrill Lynch mostram que o segmento pode movimentar até US$ 153 bilhões até 2020.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS