Hasbro cria e-commerce para PMEs

Empresa de entretenimento anuncia o lançamento de seu primeiro site B2B dedicado às pequenas e médias empresas de varejo do Brasil

A Hasbro, empresa global que tem a proposta de criar as melhores experiências em jogos e brincadeiras, anuncia o lançamento de seu primeiro site B2B dedicado à venda de seus produtos às pequenas e médias empresas (PMEs) de varejo no Brasil.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

O comércio eletrônico, chamada Hasbro na Sua Loja, é operado exclusivamente por distribuidores autorizados: EMDISA, para as regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e os estados de Minas Gerais e Espírito Santos; Nilo Tozzo, para a região Sul; e Hobby Brinquedos, que atende aos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

De acordo com Thaisa Borges, gerente de Trade Marketing da Hasbro, o objetivo é aumentar a cobertura e distribuição de seus produtos e cada distribuidora será responsável por sua política comercial. “As empresas irão gerenciar o site de forma independente. Nossa parceria forneceu a plataforma para a venda B2B, mas não se trata de um canal de compras direto da Hasbro”, explica Thais.

Ainda segundo a executiva, a ideia é impactar as vendas para o período do Natal. “O varejo brasileiro é extremamente segmentado, o que dificulta a distribuição de nossos produtos em determinados nichos de mercado e municípios. Por isso, o e-commerce traz uma solução de acesso e logística que nos dá a oportunidade de levar nossas marcas a mais famílias brasileiras”, comenta Thais.

Leia também:

Como o mundo infantil gera oportunidades para as franquias

A plataforma foi desenvolvida pela IBM e conta com todo o portfólio da Hasbro, que inclui marcas próprias, como Transformers, My Little Pony, Nerf, Play-Doh, Monopoly e Littlest Pet Shop.






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS