A inteligência artificial na customização dos planos de saúde

Nos próximos cinco anos, o departamento de veteranos dos Estados Unidos deve apresentar uma inovação no mercado de seguros e que combina inteligência artificial e analise do genoma humano. Entenda

Shutterstock

Já pensou aplicar as maravilhas da inteligência artificial na identificação dos plano de saúde mais apropriados para as pessoas, incluindo até mesmo o potencial para o surgimento de doenças no futuro? Esse é o plano dos EUA para os próximos cinco anos.

No último dia 29, o U.S Departamento f Veterans Affairs anunciou uma parceria com a Flow Health, uma empresa especializada no uso do deep learning na área médica. A ideia é personalizar o plano de saúde para os soldados veteranos a partir do cruzamento de uma série de dados.

A ideia é cruzar não apenas dados como o histórico de uma pessoa. A Flow Health está construindo um gráfico  que exibe a possibilidade de uma pessoa ter uma doença no futuro com base na comparação de genomas humanos. Na prática, funcionaria assim: os dados genéticos de uma pessoa seriam comparados com os dados de 22 milhões de veteranos recolhidos ao longo dos últimos 20 anos. O melhor vem agora…

De posse desses dados, uma seguradora poderia oferecer um plano de saúde customizado, incluindo um tratamento para evitar justamente a doença no futuro. Os excessos seriam descartados e o serviço teria exatamente o que é necessário para uma pessoa.

“Nossa missão é aplicar nos planos de saúde a mais avançada técnica de inteligência artificial para aprimorar a detecção, diagnóstico e o gerenciamento de doenças”, disse Alex Meshkin, CEO da Flow Health.

Será que o custo de um plano de saúde seria menor? A ver.

Com informações da Bussinesswire

 

 

 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS