O gigante acordou: 12,6 mil inscritos no debate sobre limite da internet fixa

A Anatel abriu consulta pública para debater o limite da internet fixa com a sociedade. Até o momento, mais de 12,6 mil pessoas se inscreveram para o debate. Veja como participar

Por: - 3 anos atrás

Shutterstock

A consulta pública aberta pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para discutir uma limitação para a internet fixa finalmente ganhou adesão em massa do consumidor. Números divulgados da Anatel e divulgados pela Agência Brasil, mostram que em 15 dias a agência reguladora recebeu mais de 1,8 mil contribuições, além de 12,6 mil pessoas se inscreveram para acompanhar o sistema da Anatel.

De uma maneira geral, consumidores citam possíveis dificuldades que teriam com a medida, como, por exemplo, no mercado de trabalho ou com a educação à distância. Também há muitas reclamações em relação ao serviço prestado pelas operadoras atualmente. Alguns usuários sugerem que, se houver uma franquia, que ela seja de tamanho suficiente para o uso mensal e com preços razoáveis.

De acordo com a Anatel, o objetivo da consulta à sociedade é colher subsídios técnicos que servirão para fundamentar a decisão da agência sobre as franquias de dados na banda larga fixa. “Com isso, busca-se ampliar a transparência e fortalecer os mecanismos de participação social no processo regulatório”, informou a Anatel. Além da consulta publicada no site, a Anatel também encaminhou questões às entidades representativas dos diversos setores envolvidos.

Limite de dados

A possibilidade de as operadoras de internet fixa adotarem um limite de uso mensal vem sendo discutida desde abril, quando algumas empresas começaram a oferecer pacotes nesses moldes. Inicialmente, a Anatel afirma que debateu o assunto com a sociedade. Depois, recuou e abriu o debate com a sociedade. Interessado em opinar sobre o assunto? Cadastre no site da Anatel por meio do LINK e deixa a sua opinião.