Conheça o viajante que passou por todos os países do mundo

Henrik Jeppesen inclusive já veio ao Brasil. Saiba onde ele passou e o que ele tem a dizer sobre o nosso país e as outras 192 reconhecidas pela ONU

Henrik Jeppensen

Conhecer todos os países do mundo é o sonho de muita gente. Se puder não gastar muito para isso, então, melhor ainda. Mas dá para fazer isso? O jovem dinamarquês Henrik Jeppesen provou que sim, é possível ser um viajante – e dos bons. Em abril deste ano, ele chegou ao último país: Eritreia.

Com apenas 28 anos, ele já conheceu todos os 193 países do mundo (listados pela Organização das Nações Unidas), além de tantos outros territórios. A lista completa, somando territórios e países, totaliza 325. Jeppesen já passou por 289 deles. “É mais difícil conhecer todos os territórios do que todos os países”, diz em seu website. Mas a ideia é completar essa lista até 2018. Aqui, dá para ver uma foto de cada país em que ele já esteve.

E olha que ele não pretende parar de viajar. Em entrevista exclusiva à Consumidor Moderno, ele falou um pouco sobre sua experiência. Além de dar algumas dicas de viagem, ele contou um pouco sobre o que viu quando esteve no Brasil. E revela que pretende continuar viajando, na tentativa de conhecer todos os territórios que ainda faltam. “Sou um viajante em tempo integral. Espero um 2017 bastante agitado”, comenta. Confira o que ele disse:

Consumidor Moderno – Por que você decidiu viajar pelo mundo tão novo? O que tem a dizer sobre essa experiência?

Henrik Jeppesen – Eu decidi viajar o mundo porque não havia muito o que fazer onde eu cresci. É uma cidade pequena, onde sair para beber nos fins de semana é o que os jovens fazem. Como não gosto muito de beber, precisei achar outra coisa para fazer, algo que eu gostasse mais. Viajar. Eu fui sozinho para o Egito quando tinha 17 anos e, no total, demorei cerca de 3 mil dias de viagem para visitar cada país do mundo. Eu ainda sou um viajante em tempo integral. Espero ter um 2017 muito agitado.

CM – Quais são as dicas mais importantes para um viajante?

Jeppesen – Mantenha seus custos baixos. Fique na casa de pessoas residentes nos lugares, usando o Couchsurfing, dê preferência a companhias aéreas de baixo custo e a ônibus. Nos EUA, por exemplo, você pode viajar entre muitos estados por apenas um dólar a cada ticket. Se você viaja por centenas ou milhares de dias, é melhor manter um orçamento comendo refeições baratas em supermercados, ao invés de ir a restaurantes caros. Em destinos seguros, como Fernando de Noronha, ande muito para economizar e conhecer a cultura local.

CM – O que você tem a dizer sobre o Brasil? Quais cidades você visitou? Tem alguma preferida?

Jeppesen – Eu estive no Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Salvador, Praia do Forte e Fernando de Noronha. Os brasileiros são pessoas incríveis, atenciosos e mantém suas tradições e sua fé. Eu gostei do Rio de Janeiro e de Fernando de Noronha. Esta última é um lugar único, muito diferente do que vi no resto do país. Eu podia caminhar tranquilamente, algo que não me recomendaram fazer em outras cidades. O Rio de Janeiro é uma das cidades mais bonitas do mundo, está na minha lista das favoritas, com cidades como Sydney, Cidade do Cabo, Nova York e Paris.

Veja a galeria de lugares visitados por Henrik

[masterslider id=”9″]

Você pode seguir as viagens de Henrik pelo FacebookInstagram e pelo Twitter, ou ainda seu blog HenrikTravel.com.

 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS