Supermercado online 2: desta vez no exterior

A ideia de fazer as compras de casa via internet realmente pode garantir um conforto enorme, especialmente nesta época do ano

Por: - 3 anos atrás

Shutterstock

 

Eu já havia contado minha experiência com compras online uma vez. E já havia questionado se a relação frete + tempo de espera valia a pena. Naquela época, eu ainda morava no Brasil e estava sozinha e sem carro. Agora, eu moro na Inglaterra (em Birmingham, mais precisamente), mas continuo sem carro. E a verdade é que fazer compras de ônibus é um saco. Táxi ou Uber seriam boas alternativas, mas decidi, novamente, dar uma chance à modalidade.

Desta vez, não pesquisei muitos mercados. Fui direto no Tesco, que fica longe da minha casa, mas eu conheço e gosto dos produtos. Além disso, eles têm uma ótima sessão de produtos brasileiros (você não tem ideia do tanto que gosta de arroz e feijão regado à guaraná até não ter mais todos os dias a sua mesa).

Para começar, a navegação do site do Tesco é ótima. As seções de alimentos, produtos de limpeza, coisas para o lar, são todas muito bem divididas. Até aí, nos sites que pesquisei do Brasil também eram, em geral. Mas a diferença está no carrinho de compras. Comecei a comprar na quarta, desisti, fechei o navegador e quando voltei a comprar, no domingo, lá estavam minhas buscas anteriores, meus produtos escolhidos.

Meu maior problema no Brasil havia sido com a entrega. Além de não haver uma entrega de emergência, quando havia possibilidade de agendar um horário, era mais caro. E ainda assim recebi a encomenda com atraso.

Por aqui, há duas opções: o click and collect (você compra online e retira na loja), que não resolveria meu problema, e a taxa de entrega. Não precisei pagar muito pela entrega e a melhor parte é que ela é agendada. Há uma série de opções de horários – entre 09h e 11h, entre 12h e 14h e assim por diante – e eles são curtos. Ou seja, não preciso passar a manhã ou a tarde inteira esperando as compras. Para ser franca, escolhi o horário entre 9h e 11h e 9h20 um moço já estava na minha porta, com os produtos em mãos. Ele ainda me alertou para o prazo de validade da banana, que era de dois dias depois.

Não consigo descrever o conforto que é ter todos os seus produtos de limpeza entregues em casa – quem carrega este peso no ônibus sabe como é. Especialmente nesta época do ano – por aqui, é inverno e as temperaturas vão a 3 ou 4 graus facilmente. Assim, só tenho como avaliar a experiência como mais do que positiva!