Recalls de carros aumenta 5% em 2016. E a marca líder foi…

Duas dicas importantes: a marca é alemã e se tornou um ícone entre os amantes de carros não apenas no Brasil, mas em todo o mundo

Shutterstock

O recall nada mais é do que uma convocação para a troca ou reparo de um produto que tem ou poderá apresentar algum tipo de defeito. No Brasil, essa prática é mais comum em objetos de alto valor agregado, como é o caso do carro. Aliás, veículo e recall são duas palavras que andaram bem juntas em 2016.

De acordo com dados do Procon de São Paulo, houve um aumento de 5% no número de campanhas de recalls de veículos no ano passado na comparação com os número de 2015.

 

O ASSUNTO É RESPEITO AO CONSUMIDOR NA ÚLTIMA EDIÇÃO DA CONSUMIDOR MODERNO? CLIQUE AQUI E CONFIRA.

 

Segundo o órgão, foram feitas 122 campanhas de recalls de veículos, atingindo um total de 1.661.064 automóveis. Em 2015 foram 116 campanhas, impactando 2.835.185.

Na lista de problemas, o campeão foi o sistema de airbag, que resultou em 27 campanhas e afetou 978.922 veículos. Em 2015 foram 21, aumento de 28%.

E a montadora campeã foi…

As montadoras que mais realizaram recall em 2016 foram a Porsche, com 14 chamamentos, Jeep com 11 e Mercedes-Benz, Subaru e Toyota, com sete cada.

Recalls diversos

Em 2016 também ocorreram recalls de alimentos e bebidas, produtos de informática, acessórios automotivos e produtos para saúde, com 14 campanhas ao todo. O maior número de afetados foi de um adaptador de tomada da Apple, que tinha o risco de quebrar e provocar choque elétrico nos consumidores, com 7.222.033 de unidades. De 2002 até 2016, foram registradas 1.074 campanhas de recall no Brasil.

 






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS