Recalls de carros aumenta 5% em 2016. E a marca líder foi…

Duas dicas importantes: a marca é alemã e se tornou um ícone entre os amantes de carros não apenas no Brasil, mas em todo o mundo

Shutterstock

O recall nada mais é do que uma convocação para a troca ou reparo de um produto que tem ou poderá apresentar algum tipo de defeito. No Brasil, essa prática é mais comum em objetos de alto valor agregado, como é o caso do carro. Aliás, veículo e recall são duas palavras que andaram bem juntas em 2016.

De acordo com dados do Procon de São Paulo, houve um aumento de 5% no número de campanhas de recalls de veículos no ano passado na comparação com os número de 2015.

 

O ASSUNTO É RESPEITO AO CONSUMIDOR NA ÚLTIMA EDIÇÃO DA CONSUMIDOR MODERNO? CLIQUE AQUI E CONFIRA.

 

Segundo o órgão, foram feitas 122 campanhas de recalls de veículos, atingindo um total de 1.661.064 automóveis. Em 2015 foram 116 campanhas, impactando 2.835.185.

Na lista de problemas, o campeão foi o sistema de airbag, que resultou em 27 campanhas e afetou 978.922 veículos. Em 2015 foram 21, aumento de 28%.

E a montadora campeã foi…

As montadoras que mais realizaram recall em 2016 foram a Porsche, com 14 chamamentos, Jeep com 11 e Mercedes-Benz, Subaru e Toyota, com sete cada.

Recalls diversos

Em 2016 também ocorreram recalls de alimentos e bebidas, produtos de informática, acessórios automotivos e produtos para saúde, com 14 campanhas ao todo. O maior número de afetados foi de um adaptador de tomada da Apple, que tinha o risco de quebrar e provocar choque elétrico nos consumidores, com 7.222.033 de unidades. De 2002 até 2016, foram registradas 1.074 campanhas de recall no Brasil.

 

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS