9 serviços “uberizados” que você precisa conhecer

A economia compartilhada veio mesmo para ficar. Conheça os modelos inspirados no conceito que lembram muito o aplicativo Uber

É cada vez mais comum surgirem ideias e negócios baseados no compartilhamento de objetos inspiradas no aplicativo Uber – por isso, a chamada “uberização”. Trata-se de uma ideia que consiste no seguinte dilema: “Tenho algo que talvez seja necessário a outra pessoa. E quem sabe ainda posso ganhar algum dinheiro”.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
Pensando nisso, a Consumidor Moderno separou algumas ideias inseridas no contexto da economia compartilhada ou uberizadas, se preferir.
Hospedagem
O Uber e o Airbnb massificaram a ideia de economia compartilhada ao redor do mundo. Mas o primeiro ainda é mais popular no Brasil do que o segundo. A ideia é basicamente a mesma do Uber: o aluguel de uma casa ociosa por temporada. ACESSE O SITE AQUI.
Qualquer objeto
Já abriu um jornal em sua vida? O Boomerang é mais ou menos isso, porém mais sofisticado e, claro, virtual. A ideia é que uma pessoa publique um determinado objeto no site. Se alguém se interessar, é possível combinar o empréstimo (com ou sem remuneração) de tal coisa por meio da plataforma. ACESSE O SITE AQUI.
Livros
Quer um livro e não tem grana? Sem problemas! Troque aquela obra empoeirada na estante por outra de seu interesse. Em suma, essa é a ideia do Livra Livro. ACESSE O SITE AQUI.
Brinquedos
Um negócio para “quebrar” o Papai Noel. Essa é a ideia do Quintal de Trocas: a plataforma permite a trocar de um brinquedo por outro de seu interesse – e sem qualquer tipo de custo.  ACESSE O SITE AQUI.
Pets
O Dog Hero é uma espécie de Airbnb dos animais. Trata-se de uma plataforma cuja ideia é mediar o encontro entre donos de animais e pessoas dispostas a hospedar os pets. A grande vantagem é que uma pessoa comum poderia abrir as portas de casa para recepcionar o seu bichano – e ela seria recompensada por isso. ACESSE O SITE AQUI.
Conhecimento/ ajuda
Todos temos um conhecimento que pode ser útil a alguém. A ideia da plataforma é unir pessoas dispostas a “emprestar” os seus conhecimentos em troca de uma “moeda” virtual com lastro na bondade chamado Biilive. Mas para ganhar a moeda é preciso justamente prestar algum serviço. ACESSE O SITE AQUI.
Roupas
Hoje, há inúmeras pessoas que vendem, alugam ou mesmo trocam roupas usadas na web. Separamos um diferente: é o Armário Compartilhado. ACESSE O SITE AQUI.
Comidas
Outro serviço que começa a ganhar adeptos é o serviço de “chef em casa”. Em linhas gerais, essa é a ideia do Eat With, uma plataforma que conecta pessoas dispostas a realizar eventos gastronômicos em casa – e ganhando para isso, claro. O mais bacana dessa história é a possibilidade de conhecer pessoas novas, que poderão se conectar a você por meio do estômago. ACESSE O SITE AQUI.
Aluga-se de tudo
Aluguel de casa ou carro você já ouviu falar? Mas e quanto a um instrumento musical ou um barco? Essa é a proposta do Rent for All, uma plataforma cuja ideia é alugar simplesmente de tudo. Entre no site e veja as opções disponíveis. ACESSE O SITE AQUI.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS