Empresa da Casas Bahia e Pontofrio tem prejuízo de R$ 750 mi em 2016

Via Varejo reportou um prejuízo maior do que o verificado ao longo de 2015, com fechamento de 47 lojas. Entenda como está a saúde da empresa

A Via Varejo reportou um prejuízo pro-forma de R$ 750 milhões no acumulado de 2016. O valor é ainda maior do que os R$ 384 milhões de rombo verificados no ano de 2015 – um crescimento de 95,2%.
Ao longo do ano, a empresa fechou 47 lojas, sendo 23 operações fechadas para atender às determinações do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) em relação à fusão de Casas Bahia e Pontofrio. Ao longo do ano, a companhia abriu seis lojas – sendo três de cada marca.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
Durante 2016, a companhia apresentou queda de 8,7% em receita líquida, para R$ 23,2 milhões.
Apesar dos resultados negativos, a Via Varejo registrou um caixa líquido de R$ 3,8 bilhões, conseguidos por conta de várias ações – entre elas, renegociação com fornecedores.
Além disso, a companhia conseguiu aumentar o market share. “Para o exercício de 2016, a Companhia implementou de forma bem sucedida um adequado equilíbrio entre volume de vendas, ganhos de market share e rentabilidade”, afirmou a companhia em relatório de investidores.
“Durante o exercício de 2016, continuamos a implementar nossa estratégia de vendas e rentabilidade utilizando nosso portfólio de produtos e serviços financeiros, como uma forma de atenuar as quedas nas vendas de mercadorias”, explicou a empresa.
De fato, as receitas com crediário, cartões, serviços, montagem e frete cresceram 6,4% no quarto trimestre do ano passado, em relação ao mesmo período de 2015, e aumentaram sua participação no mix de receita de 10% para 10,7% da receita líquida. “Este aumento é resultante das renegociações contratuais realizadas pela Companhia desde 2013, bem como alterações nas políticas de monitoramento de atingimento de metas e incentivo à força de vendas”.
O quarto trimestre da empresa foi positivo: com estabilidade nas vendas e lucro de R$ 13 milhões.






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS