Vendas dos supermercados se recuperam em janeiro

O aumento nominal foi de 5,48% no mês, em relação ao mesmo mês do ano passado. Descontada a inflação, porém, houve estabilidade

As vendas do setor de supermercados cresceram 5,48% em janeiro, na relação com o mesmo mês do ano anterior, segundo a Abras (Associação Brasileira de Supermercados). Descontada a inflação, contudo, as vendas ficaram estáveis, com leve alta de 0,9% na mesma base de comparação.
Quando comparadas às vendas de dezembro, as comercializações do primeiro mês do ano apresentaram forte queda, de 21,3%, em termos reais.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
“O resultado mostra o reflexo da situação econômica do País, com elevada taxa de desemprego, e um consumidor ainda mais contido e com menor poder de compra”, disse em nota o superintendente da Abras, Marcio Milan.
” Sabemos que o ano será de desafios para o setor, e é preciso muito empenho para traçarmos estratégias que nos ajude a impulsionar as vendas”, afirmou. Com isso, a Associação espera um crescimento de 1,3% para 2017.
Preços
No mês de janeiro, a cesta de produtos analisados pela Abras, com a GfK, para verificar a variação de preços dos produtos vendidos em supermercados registrou queda de -072% em janeiro, passando  de R$ 483,10 para R$ 479,64. Já na comparação com janeiro de 2016, a cesta apresentou alta de 6,06%.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS