Itália é considerada o país mais saudável do mundo

Apesar de problemas econômicos, país tem alta expectativa de vida. Saiba quais países de primeiro mundo não são tão saudáveis assim

Por: - 2 anos atrás

Shutterstock

Famosa por suas comidas típicas, no ranking estabelecido pelo “Bloomberg Global Health Index”, a Itália foi considerada o país mais saudável do mundo. Um bebê nascido por lá tem a expectativa de viver até os 80. Para se ter uma ideia, a expectativa de vida de um recém-nascido na Serra Leoa chega aos 52 anos.

Os Estados Unidos ficaram na 34ª posição, com uma “nota” de 73,05 (a máxima seria 100), especialmente porque 67,3% da população norte-americana é obesa. Ou seja, mesmo países desenvolvidos enfrentam seus riscos.

Ao todo, 163 países foram avaliados com base em critérios como expectativa de vida, causas de mortes e fatores de risco como pressão sanguínea alta e tabagismo, além de desnutrição e acesso a água potável.

Itália

Apesar de ser um país desenvolvido, a Itália não está no seu melhor momento quando o assunto é economia. Cerca de 40% de jovens italianos estão desempregados e seu crescimento está estagnado há décadas. A taxa de endividamento, considerando-se o tamanho da economia do país, é uma das maiores. No entanto, fatores como pressão alta e colesterol e saúde mental fraca colocaram os italianos à frente de Americanos, Canadenses e Britânicos.

Outro fator que contribuiu para a “vitória” da Itália foi o excesso de médicos. Além disso, um dos programas mais assistidos na TV nacional é chamado “Um médico na família”, que supostamente estimula vida saudável. Por fim, a dieta mediterrânea do país, rica em vegetais e azeite de oliva extra virgem é considerada uma das mais saudáveis do mundo.

Islândia, Suíça, Cingapura e Austrália completam os top-five do ranking.

Com informações da Bloomberg