GPA afirma que segue com venda da empresa da Casas Bahia e Pontofrio

Companhia afirma que segue processo, a despeito de especulação sobre a suspensão da venda, devido à quedas nas ações da empresa na Bolsa. Entenda o caso

Na última semana, algumas notícias foram veiculadas sobre a possibilidade de suspensão da venda da Via Varejo, detentora das marcas Casas Bahia e Via Varejo, devido às quedas do valor das ações do Pão de Açúcar e da própria Via Varejo. Contudo, a companhia afirmou que segue com a venda da marca e que não existe um cronograma para concluir o processo.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
De acordo com a empresa, a transação é complexa e “requer extensa avaliação pela administração da CBD, no melhor interesse de seus acionistas e dos acionistas de Via Varejo”.
A companhia ainda afirma que as notícias veiculadas sobre a suspensão do processo de venda, bem como a notícia sobre uma suposta decisão de não querer receber propostas da família Klein – fundadora da Casas Bahia – são apenas especulativas.
Sobre a queda nas ações verificada na última semana, a empresa afirmou não “ter conhecimento de qualquer fato relevante que possa justifica-lo e reitera — inclusive tendo em vista a constante publicação de notícias especulativas sobre o processo de venda da Via Varejo — que os investidores devem
nortear suas decisões de investimento exclusivamente com base nas informações oficiais emanadas da Companhia”.






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS