Sabe qual o principal desrespeito ao consumidor nos salões de beleza?

Uma operação do Procon de São Paulo procurou entender o principal desrespeito ao consumidor nos salões de beleza. Veja o que o órgão descobriu

Procon-SP/ divulgação

Quando o momento é exclusivamente para a beleza, será que notamos os nossos direitos como consumidor? Uma ação do poder público procurou entender quais os principais equívocos cometidos pelos salões de beleza contra clientes.

Uma recente ação do Procon-SP chamada “Vênus” mostrou os problemas desses estabelecimentos. No total, 18 salões de beleza foram fiscalizados na capital e o resultado foi estarrecedor: todos os estabelecimentos descumpriam alguma determinação do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

O principal problema foi a falta de informação de preço, um direito garantido pelo CDC. A lei federal obriga que a oferta e a apresentação de produtos ou serviços assegurem informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa. Sendo assim, salões e outros estabelecimentos que prestam qualquer tipo de serviço devem manter seus preços visíveis ao consumidor.

Outras irregularidades encontradas foram a utilização e venda de produtos vencidos ou sem validade e imposição de pagamento mínimo para cartão. Veja a lista das empresas e irregularidades encontradas.

 

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]

 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS