Em SP, preços dos ovos de Páscoa podem variar até 106%

Levantamento realizado pelo Procon-SP aponta grande variação entre os produtos, além de acréscimo nos preços com relação a 2016. Entenda o quadro

Shutterstock

Um levantamento realizado pelo Procon-SP mostra que os brasileiros podem enfrentar uma grande variação de preços nos produtos relacionados à Páscoa. Com relação a 2016, todos os itens da estação tiveram acréscimo em seu valor: em média, 18,48% nas barras de chocolate, 5,08% nos bolos de Páscoa, 16,67% nos bombons e 0,51% nos ovos de Páscoa.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Com relação à diferenças de preços entre os estabelecimentos, a maior diferença encontrada pelo órgão foi em um ovo de chocolate ao leite da Arcor de 150g: 106,57%. O preço variou de R$ 15,97 a R$ 32,99. Nos preços dos bombons a maior diferença encontrada foi de 93,33% na caixa com oito unidades de 100g da Ferrero Rocher, que custava R$ 10,34 em um estabelecimento e R$ 19,99 em outro. A maior variação nas barras de chocolate foi de 73,99% e nos bolos de páscoa de 43,98%.

A coleta foi realizada nos dias 20 e 21 de março, em 10 estabelecimentos distribuídos pelas cinco regiões do município de São Paulo. Foram comparados 49 tipos de barras de chocolate, 18 bolos de Páscoa, 18 caixas de bombons e 99 ovos de Páscoa de diversas marcas, tipos e modelos, totalizando 184 itens pesquisados.

Panorama

Para o consumidor ter uma ideia do valor dos produtos de Páscoa, a fundação também elaborou um comparativo baseado no valor médio do quilo dos produtos pesquisados em 2017. O quilo do ovo de Páscoa com brinquedos custa em média R$ 288,50 enquanto o quilo do ovo sem brinquedos custa R$ 141,12. Já as barras de chocolate custam R$ 45,02 por quilo.

O Procon-SP chama a atenção para algumas dicas na hora de fazer as compras para o feriado. É importante verificar o prazo de validade, a composição e o peso líquido do produto. Ovos de Páscoa que trazem brinquedos em seu interior devem apresentar em sua embalagem a frase “Atenção: contém brinquedo certificado no âmbito do Sistema Brasileiro da Avaliação da Conformidade”. Nesse caso, também é obrigatória a indicação de faixa etária ou uma frase que informe que não existe restrição de faixa etária.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS