Vendas da OLX crescem quase 32% no primeiro trimestre

Crescimento é de número de produtos. Categoria de Moda e Beleza se destacou. Confira o desempenho da empresa que atua no setor da economia compartilhada

A quantidade de produtos vendidos na plataforma OLX registrou um crescimento de 31,9% nos primeiros três meses do ano. Segundo a empresa, foram vendidos 7,128 milhões de itens no período.
“O resultado reforça o avanço da mudança de comportamento rumo a um consumo mais sustentável, no qual objetos do dia a dia ganham uma vida útil mais longa e conectam pessoas de maneira colaborativa”, afirma Marcos Leite, CCO da OLX Brasil.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
Entre as categorias de destaque, Moda e Beleza disparou, com 56,5% de crescimento, em relação ao ano anterior. Foram mais de 527 mil itens vendidos.
Em quantidade de itens, porém, o destaque foi para a categoria de itens para casa: foram mais de 1,333 milhão de produtos. A categoria cresceu 38% no primeiro trimestre.
A venda de itens de Esportes também cresceu, 31%; Bebês e crianças apresentou alta de 20,4%; e produtos de Música e hobbies cresceu 25,8%.

Categorias

Na categoria Carros, o volume em reais movimentado no trimestre cresceu 2,5%, ultrapassando a faixa de R$ 9,9 bilhões. A empresa não abre os valores totais.
Considerando as regiões, o Norte e o Nordeste concentraram as maiores evoluções em venda no período. Os 14 primeiros Estados que mais cresceram em volume de vendas na OLX estão nessas regiões, com Amapá e Roraima registrando 125% de crescimento cada, seguidos de Maranhão (72%), Alagoas (61%) e Tocantins (58%).
Entre os maiores Estados do Brasil em população, Minas Gerais e Bahia tiveram um resultado acima da média, com alta de 38% e 39%, respectivamente, nas vendas neste primeiro trimestre.
Já o Estado de São Paulo foi o que mais vendeu em números totais – com 24% de crescimento no período, o Estado alcançou 1,455 milhão de itens comercializados pela plataforma.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS