Quais são as empresas mais dispostas a conversar com o consumidor?

Durante o Simpósio, algumas empresas assinaram um Compromisso Público favorável ao diálogo, enquanto outras foram reconhecidas pelo combate ao litígio

Por: - 2 anos atrás

Eduardo de Souza

Desde sua criação, A Era do Diálogo tem sido uma iniciativa pioneira. Graças aos esforços de todos os agentes envolvidos, nasceu uma parceria entre órgãos de defesa do consumidor e empresas que tende a crescer cada vez mais. Neste ano, essa união resultou em mais uma inovação, em mais uma vitória.

Em jantar realizado durante o Simpósio Brasileiro de Defesa do Consumidor, algumas empresas assinaram um Compromisso Público, prometendo ações como a melhoria de performance no atendimento às demandas registradas junto aos Procons de todo o país; divulgação do site consumidor.gov nos portais e pontos físicos de cada empresa; contato constante com os Procons; disponibilização regular de canais qualificados de atendimento para os Procons.

Além disso, com base nos resultados apresentados a partir do compromisso público, as empresas devem se unir aos membros do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (Sindec) para discutir a implementação, em caráter experimental, de novas diretrizes e ações que envolvam o aumento da resolutividade das demandas dos consumidores, monitoramento constante de indicadores; indicadores de satisfação do consumidor; medidas e práticas internas de gestão das empresas que viabilizem uma efetiva política de governança do cliente.

Durante a comemoração da assinatura desse Compromisso Público, Arthur Rollo, secretário Nacional do Consumidor comentou que, ao assumir a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), encontrou iniciativas ótimas – o consumidor.gov foi uma delas. “Na minha opinião, se temos uma plataforma capaz de estabelecer uma plataforma de mediação, não temos por que usar sites privados que visam o lucro e que, de um lado, oferece serviços para o consumidor reclamar mas, de outro, oferece serviços para as empresas, para lucrar”, disse.

Além disso, argumentou que a Senacon tem a mente aberta para ouvir as empresas, não tem uma visão extremista. “Estamos abertos para o diálogo, inclusive para reduzir a judicialização que prejudica todos os entes”.

Roberto Meir, CEO do Grupo Padrão, por sua vez, comentou que a iniciativa tem o foco de construir uma sociedade verdadeira focada em ética, transparência, resolutividade e boas práticas. “Se acreditarmos que o melhor do Brasil é o brasileiro, podemos colocar essa ideia em prática”, diz, em um incentivo à proatividade dos indivíduos, das empresas e das entidades públicas. “As empresas precisam assumir o protagonismo”, afirma.

Nesse sentido, ele ressalta que Arthur Rollo certamente está percebendo como a comunidade de A Era do Diálogo é unida e engajada. “É possível juntar opostos, criando pontes”, argumenta. “Quando mais trocarmos ideias, mais podemos fazer um país diferente”.

Empresas legais

No mesmo evento em que as empresas assinaram o Compromisso Público, o Grupo Padrão reconheceu as empresas que foram destaque no estudo Empresas Legais, desenvolvido pelo Centro de Inteligência Padrão (CIP), com o apoio da Associação Brasileira das Relações Empresa Cliente (ABRAREC). A pesquisa foi feita com o objetivo de identificar quais são as empresas que estão menos propensas ao litígio e mais empenhadas ao diálogo e em cultivar bons relacionamentos com os consumidores. Para que pudesse ser realizado, foram convidadas diferentes empresas de vários segmentos.

Em seguida, foi desenvolvido um algoritmo a partir de 17 indicadores. A análise possibilitou a identificação das empresas que estão mais engajadas em promover um diálogo com os consumidores e menos propensas à judicialização e ao litígio, que acarreta um enorme custo para as próprias empresas e para o país.

Confira quais são as empresas destacadas:

América Móvil
Banco BMG
Banco do Brasil
Bradesco
Bradesco Seguros
Electrolux
Fast Shop
Gol Linhas Aéreas
Grupo Pão de Açúcar
Itaú Unibanco
Magazine Luiza
Netshoes
Positivo
Santander
Telefônica | Vivo
Walmart
Whirlpool