Ao fazer compras, consumidor brasileiro é o mais saudável do mundo

Vitaminas, minerais e fibras estão em alta na dieta dos brasileiros – acima dos valores globais de consumo, aponta pesquisa da Apas. Veja os números

Shutterstock

Os hábitos de consumo dos brasileiros nos supermercados apontam para uma população com escolhas bastante saudáveis. É o que aponta uma pesquisa encomendada pela Associação Paulista de Supermercados (Apas) elaborada pela GfK.  Alimentos incluídos frequentemente na dieta nacional são ricos em vitaminas, minerais, fibras, Ômega 3 e proteínas.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Os resultados ficam acima, inclusive, da média global avaliada pela empresa de pesquisa. Itens enriquecidos com vitaminas e minerais, por exemplo, são consumidos ativamente por 65% dos entrevistados no Brasil, enquanto a média global é de 51%. Produtos ricos em fibras estão presentes em 61% dos carrinhos de compras no País contra 53% no mundo e os alimentos com fonte de Ômega 3 não faltam na refeição de 60% dos brasileiros (contra 40% da média global).

Fora isso, alimentos ricos em proteína (54%), orgânicos (49%) e livre de transgênicos (28%) também ficam acima da média global (46%, 46% e 27%, respectivamente). A percepção é que, em uma análise global, os brasileiros são os consumidores com os hábitos de compra mais saudáveis.

Preferências

Na comparação entre homens e mulheres, as mulheres têm uma postura mais consciente na busca por ingredientes e dietas mais saudáveis. Açúcar, sal e adoçante artificial estão na lista dos ingredientes que, por vezes, são excluídos das dietas.

Outra curiosidade é que os consumidores casados são mais engajados com uma dieta saudável em relação aos solteiros. A lista de ingredientes dos compromissados contam com mais alimentos ricos em fibras, fonte de Ômega 3 e orgânicos.

Novas tendências

A pesquisa da Gfk mostra que o consumo de refrigerantes está apresentando tendência de queda entre os brasileiros. Por outro lado, público declarara que está consumindo mais chá, chá gelado, iogurte/smoothies e bebidas energéticas – categorias que mais cresceram nos últimos cinco anos.






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS