Com Anacapri, Arezzo & Co consegue lucro 51% maior no 1º trimestre

Companhia aumenta número de lojas e consegue resultados positivos nos primeiros três meses. Marca Anacapri foi destaque. Confira

Shutterstock

A Arezzo & Co conseguiu aumentar o lucro líquido da companhia em 51,1%, segundo informou a empresa. Ao todo, foram R$ 22,1 milhões de lucro.
No período, a empresa conseguiu aumentar em 15,4% a receita líquida, para R$ 297 milhões. O aumento nas vendas deve-se ao maior número de lojas: foram 19 inaugurações no primeiro período.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
Considerando os canais de vendas, a rede de lojas Arezzo&Co (lojas próprias + franquias + web commerce) apresentou um crescimento de 6,2% nas vendas do sell-out no período, devido principalmente ao crescimento das franquias e do canal online das marcas Arezzo e Anacapri.
No conceito vendas nas mesmas lojas, houve crescimento de 2,5%. “Vale lembrar que o período de liquidação da coleção de verão foi maior este ano, por conta do calendário do Carnaval, que aliado a menores sobras, fez com que o período até o dia 7 de março tivesse volume de vendas menores, porém com maior preço médio”, disse a companhia em relatório.
A empresa fechou o primeiro trimestre com 555 lojas monomarca no Brasil e sete no exterior. Ao todo, são 383 da marca Arezzo, 83 da marca Schutz, 84 da marca Anacapri, três da marca Alexandre Birman e duas da marca Fiever.

Desempenho por marcas

A companhia detém as marcas de calçados Arezzo, Schutz, Anacapri, Alexandre Birman e Fiever. A Anacapri foi a marca que mais se destacou no período. O crescimento foi de 49,5%.
Ao todo, a marca jovem atingiu receita de R$ 33,8 milhões. “O canal de franquias cresceu em comparação com mesmo período do ano anterior, fruto da abertura de 10 lojas nos últimos 12 meses e do incremento nas vendas nas mesmas lojas, resultante de um posicionamento assertivo em calçados flats, maior investimento em marketing e maior participação dos produtos de reposição automática no mix”, disse a companhia.
Segundo a empresa, a marca continua expandindo sua penetração nacional e o canal multimarca já ultrapassou 40% de seu faturamento consolidado
A Arezzo, por sua vez, cresceu 13,5%. A marca alcançou R$ 199,4 milhões em receita bruta, representando 58,5% das vendas domésticas. A Schutz, por sua vez, apresentou crescimento de 4,3%.
Já a Schutz representou 28,9% no faturamento do mercado interno da Companhia, somando R$ 98,3
milhões de receita bruta. O crescimento foi de 4,3%.
“O canal Lojas Próprias foi impactado em R$ 2,1 milhões pelo repasse de três lojas para operadores de franquia nos últimos 12 meses, diminuindo seu faturamento no período, mas com impacto positivo em margem e capital empregado, em linha com a estratégia de aumentar o retorno da Companhia”,  disse a empresa em relatório.
O projeto piloto da marca nos Estados Unidos continua sua evolução, conquistando cada vez mais
brand awareness, com crescimento de 29% das vendas em dólares e destaque para o canal de Wholesale.






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS