A sua profissão influencia o seu estado civil? O Tinder responde

O Tinder fez um estudo para saber quais são as profissões preferidas dos usuários do aplicativo. Descubra se a sua ocupação está entre elas

Shutterstock

O Tinder tem sido um meio muito importante para as relações amorosas – ou não tão “amorosas” assim. A verdade é que o app conhece bastante sobre o comportamento das pessoas nos dias de hoje – uma vez que tem sido responsável pelos mais diversos encontros. Por isso, a empresa realiza algumas análises sobre o público. Uma delas inclusive revela quais são as profissões preferidas dos usuários – os marqueteiros e os maquiadores são os mais cobiçados, por exemplo.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Entre os quinze profissionais mais curtidos tanto por homens quanto por mulheres estão os cabeleireiros, enfermeiros e professores de dança. Quebrando o tabu de associar a profissão a apenas um gênero, a pesquisa do Tinder leva em consideração a opinião de usuários e usuárias.

As informações sobre profissão e escolaridade foram adicionadas ao Tinder para atender a um dos pedidos mais frequentes daqueles com perfil no aplicativo. Acrescentar essas informações faz com que as pessoas possam coletar mais detalhes do “crush” antes de arrastar para a direita ou para a esquerda a foto dele. Ainda que exibir os dados seja opcional, o Tinder sabe que, ao fornecer mais detalhes sobre si mesmo na biografia, as chances de receber um “match” aumentam.

Confira as profissões preferidas:

Tinder




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS