Bancos vão usar a inteligência artificial para entender emoções, diz Accenture

Estudo Accenture Banking Technology Vision 2017 foi apresentado durante a 27ª edição do CIAB Febraban 2017, que acontece até quinta-feira, em São Paulo.

Qual é o papel da Inteligência Artificial (IA) para os bancos?

De acordo com o estudo Accenture Banking Technology Vision 2017, apresentado durante a 27ª edição do CIAB Febraban 2017 (Congresso e Exposição de Tecnologia da Informação das Instituições Financeiras), na próxima fase de adoção da IA, os bancos irão utilizá-la para compreender os desejos e as emoções dos clientes, com o objetivo de atender às suas expectativas.

De acordo com o relatório, 91% dos executivos do setor no Brasil acreditam que a IA irá possibilitar a criação de interfaces de usuários mais simples, oferecendo uma experiência mais humana e pessoal aos clientes.

Além disso, 91% dos entrevistados brasileiros afirmam que esse tipo de tecnologia vai revolucionará a maneira como os bancos reúnem informações e interagem com os usuários.

Para 82% deles, os bancos implantarão, em três anos, a IA como método principal de interação com seus clientes.

O estudo também aponta que os bancos estão se concentrando tecnologia em várias para avançar nos próximos três anos. São elas:

• Soluções de Inteligência Artificial embutidas (40%).
• Visão computacional (40%).
• Aprendizado de máquinas (38%).
• Processamento da linguagem natural (37%).
• Automação de processos robóticos (34%).

Os principais motivos dos bancos para incorporar a IA em interfaces de usuários são:

– Análise de dados e visão do cliente (60 %);
– Produtividade e benefícios de custo (59 %);

O estudo completo, que traz temas como segurança, tecnologia, inovação e experiência do cliente pode ser acessado neste link.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS