INFOGRÁFICO: Quem vai à Parada do Orgulho LGBT?

Estudo investigou quem são as pessoas que comparecerão à Parada do Orgulho LGBT na cidade de São Paulo. Confira os resultados

Por: - 2 anos atrás

Shutterstock

Junho é o mês do Orgulho LGBT. Mas por que a data acontece nesse mês? Apesar de muitos não saberem disso, a data faz referência à chamada revolta de Stonewall, que aconteceu em Nova York, no dia 28 de junho de 1969. Na ocasião, um grupo de homossexuais que estavam no Stonewall Inn – um dos poucos bares LGBT friendly da época – decidiram enfrentar a frequente violência policial sofrida por pessoas daquela orientação.

Para enfrentar a ação da polícia, aquelas pessoas permaneceram por vários dias dentro do bar, recebendo o apoio de uma multidão de homossexuais (tanto homens quanto mulheres) que, do lado de fora, apoiavam a resistência. A partir de então, o dia 28 de junho passou a ser reconhecido como o Dia Internacional do Orgulho Gay – hoje, o termo utilizado é “LGBT”, sigla que faz referência à “Lésbicas, gays, bissexuais, travestir e transexuais”.

Estudo

Não por acaso, no dia 18 de junho acontecerá a 21ª Parada do Orgulho LGBT  de São Paulo. Para descobrir quem são as pessoas que estarão na Avenida Paulista nesse dia e qual é a expectativa delas, o G Encontros, site e app de relacionamento voltado ao público gay, realizou uma pesquisa com 1600 usuários. Dos participantes do levantamento, 72% pretendem participar da festa. Contudo 67% dos entrevistados nunca estiveram na Parada do Orgulho LGBT.

Outro ponto muito relevante destacado pela pesquisa é que, quando questionados sobre os principais assuntos que querem que estejam em pauta no evento, 33% dos entrevistados acham igualmente necessário levantar a bandeira da Diversidade e inclusão no mercado de trabalho e da homofobia.

“A Parada do Orgulho LGBT será muito animada e uma ocasião também para comemorar a força que o mês do orgulho LGBT ganha em todo o mundo ao longo dos anos, já que o assunto tem sido repercutido cada vez mais. É uma grande vitória”, aconselha Mariana Frensel, gerente de marketing do Match Group LatAm, empresa detentora da marca G Encontros.

Confira os dados no infográfico:

Crédito: Fernanda Pelinzon