Etna cria modelo de loja que elimina a etapa de entrega e montagem de móveis

A marca de móveis implantou modelo de autosserviço em loja em São Paulo com pronta-entrega para os consumidores que quiserem levar os itens na hora

A Etna implantou em uma de suas lojas em São Paulo o autosserviço. A ideia é que os clientes saiam da loja com alguns móveis, eliminando a etapa da entrega e da montagem.
O conceito de pronta-entrega se estende para alguns itens, como estantes, mesas laterais, racks e cadeiras. Na lista ainda há poltronas, mesas de centro, cadeiras, buffets e aparadores, cristaleiras, colchões e box, criados mudos, berços, mesas de escritório e gaveteiros.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
A unidade da Berrini é a primeira a se adaptar a esse novo modelo de loja. A próxima será a unidade da Etna, em Campinas.

Dinâmica

Na loja, os consumidores encontrarão os móveis expostos no primeiro andar. Ele anota o código e rua indicados nas etiquetas vermelhas dos produtos e pode retirá-los desmontados no térreo.
As peças mais volumosas, identificadas com uma etiqueta laranja e que não cabem no carrinho, deverão ser retiradas diretamente no balcão de atendimento. E produtos que não estiverem disponíveis para pronta-entrega, estarão com uma etiqueta amarela, e o cliente pode optar para agendar a retirada em outro dia.
Já os itens de presentes existentes nos setores como UD, decoração, cama mesa e banho, iluminação, lavanderia, organizadores, tapetes e cortinas continuam da mesma forma, ou seja, os produtos podem ser levados na hora, mas estarão localizados no primeiro andar.
Todos os produtos vêm com um manual de instrução explicativo para a montagem. Porém, os clientes que não tiverem como levar os produtos na hora ou quiserem ajuda na montagem, podem contratar empresas terceirizadas, indicadas pela Etna no ato da compra, para realizar o serviço.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS