Fintech brasileira lança serviço de cheque digital para desbancarizados

Cartão pré-pago da bandeira Mastercard e o cheque digital sem a necessidade de conta no banco são as apostas da fintech. Descubra qual é

Cheques totalmente seguros e digitais para quem não tem conta no banco, usados normalmente como forma de pagamento. Esse é o carro-chefe da startup catarinense SD Bank que oferecerá ainda um cartão pré-pago da bandeira MasterCard.
O serviço funciona como uma carteira digital e não tem necessidade de abertura de conta em instituições tradicional. A fintech catarinense promete desburocratização no serviço de pagamento com um cadastro rápido e fácil feito pelo próprio celular.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
A plataforma será lançada no próximo dia 20 e atenderá principalmente pessoas físicas da classe C e D e pequenas e médias empresas. Atender os desbancarizados é a estratégia principal da startup.
“O modelo é bem simples, porque não precisa de análise de crédito apenas de um cadastro no aplicativo. A partir daí, o cliente pode definir o valor que gostaria de ter na nossa conta digital. Emitimos para ele um boleto, e 24h após o pagamento o valor estará disponível para ele realizar compras”, diz Adriano Silveira, CEO SD Bank.

Modelos

Com o dinheiro na conta, o cliente pode usar um cartão de débito pré-pago, com a bandeira MasterCard. O valor pode ser controlado pelo aplicativo e é determinado de acordo com a disponibilidade da conta.
A principal aposta, no entanto, é o cheque digital. Sem a necessidade de imprimir ou receber nenhum tipo de papel, o cheque é gerado pelo próprio aplicativo e pode ser usado nos estabelecimentos cadastrados pela SD Bank.
“Para usar o cheque é necessário apenas que os envolvidos tenham conta no SD Bank. Sejam eles pessoas físicas ou jurídicas”, diz Silveira.
Para que o cliente não se perca nos dias de compensação do cheque, o aplicativo notifica o usuário dois dias antes da data determinada. Caso no dia o cliente não tenha dinheiro o suficiente, o valor do cheque pode ser parcelado, acrescentado uma taxa de juros.
Do lado do comerciante, o SD Bank garante o pagamento do cheque. Isso porque, a fintech será a responsável pela compensação, uma espécie de financiador do cliente.
“Os nossos principais focos são inclusão financeira e empoderamento. Nós acreditamos na independência dos bancos tradicionais, por isso apresentamos nosso serviço como uma opção para os usuários. E para os estabelecimentos, queremos dar poder para os empresários escolher o que é melhor para ele”, completou o CEO.






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS