Mercado de robótica deve movimentar US$ 87 bilhões até 2025

O crescimento do mercado de robótica para os próximos anos será impulsinado principalmente pela popularização de robôs entre os consumidores

Veículos autônomos e casas conectadas devem impulsionar o mercado global de robótica nos próximos oito anos. A estimativa é do The Boston Consulting Group (BCG) que prevê uma movimentação de US$ 87 bilhões até 2025.
Os números assustaram até mesmo a consultoria que teria previsto há três anos que o mercado movimentaria US$ 20 bilhões a menos para a mesma época.
A mudança, segundo os especialistas, ocorrem pelo aumento do interesse e a velocidade de amadurecimento de tecnologias como os carros robotizados. Somente o setor de consumo, deve movimentar US$ 23 bilhões até 2025;

Investimentos

Entre os fatores que mais contribuíram para o reajuste da estimativa está o investimento do setor privado em robótica nos últimos três anos. De acordo com o BCG, a verba destinada a automação dentro das companhias triplicou nos últimos anos.
A criação de produtos para os consumidores também facilitou o desenvolvimento do mercado. A criação de robôs que limpam residências, ajudam crianças, fazem monitoramento e segurança doméstica aproximou o assunto do público consumidor.
“Desde 2012, 40% das novas empresas de robótica emergiram no setor de consumo, superando o crescimento nos setores militar, comercial e industrial. O setor militar representou 26% das novas empresas de robótica, o setor comercial 24% e o setor industrial apenas 10%”, diz a análise do estudo.

Popularização

Os impactos da popularização da robótica entre os consumidores, no entanto, ainda não foi completamente sentida pelo mercado. É o que sugere um dos coautores do artigo, Alison Sander. Segundo o especialista, a preferência por robôs afetarão todos os setores da economia.
“À medida que as pessoas se tornam mais receptivas aos robôs em suas vidas – abraçando tudo, desde aspiradores de pó de robôs a trabalhadores remotos no escritório – elas começam a exigir mais desses produtos. Isso atrairá mais capital de investimento e impulsará novos avanços nas capacidades de robótica “, diz.
O desafio das empresas agora, segundo o levantamento, é descobrir como usar a robótica para aumentar a vantagem competitiva.






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS