O fim da segunda via do boleto bancário

No último dia 10, os bancos inauguraram uma nova plataforma de cobrança. Dentre as novidades, a principal delas: o fim da segunda via do boleto bancário

Por: - 2 anos atrás

Shutterstock

Começou a funcionar hoje (10), a Nova Plataforma da Cobrança dos bancos conveniados a Federação Brasileira dos Bancos (FEBRABAN). Dentre as mudanças previstas, está aquela que extingue a necessidade de emissão de uma segunda via de cobrança do boleto.

Em linhas gerais, a sua relação com o boleto bancário será da seguinte maneira: caso o prazo para o pagamento expire não será necessário ir à agência bancários e pagar o valor do bem ou serviço acrescido de juros. Basta usar o mesmo documento de cobrança, que, automaticamente, será acrescido o valor de mora e poderá ser pago em qualquer banco.

De acordo com a FEBRABAN, a nova mudança será gradual. A partir do dia 10, serão permitidos apenas valores acima de R$ 50 mil. A próxima fase de implantação do sistema começa no dia 11 de setembro e vai incluir valores abaixo de R$ 50 mil e até R$ 2 mil.

A Federação dos Bancos ainda promete outras três etapas de implantação do sistema, que será concluída em 11 de dezembro deste ano. Nessa data, boletos de todos os valores não precisarão de segunda via e poderão ser pagos em quaisquer bancos. Abaixo, quando a novidade começa a ser implantada a partir dos seus respectivos valores:

Febraban