Quatro negócios diferentes em um espaço só

Durante o Whow! Festival de Inovação, visitamos o Studio Dama, um espaço que conta com quatro empresas diferentes. Conheça

Tempo de leitura: < 1 minuto

26 de julho de 2017

Existem limites para modelos de negócio? O Studio Dama é um exemplo de que não, não existem. O espaço, que começou como um simples estúdio para eventos, hoje abriga quatro empresas.
Visto de fora, ele parece um café bem decorado e muitos motociclistas – porque há motos do lado de fora. Contudo, alguns passos bastam para que o visitante perceba que o café é, na verdade, um espaço que têm um conceito todo sustentável: ele oferece refeições em horários determinados, não produz além do que vende (para evitar o desperdício) e produz itens saudáveis que não são necessariamente fitness.
Além disso, um pouco mais pra dentro, há mesas que podem ser utilizadas por qualquer pessoa – tanto para apreciar uma refeição quanto para estudar, fazer refeições, etc. Ao fundo do espaço, há dois tipos de negócios completamente diferentes: um deles é focado em customização de motocicletas; o outro é um salão de beleza.
Como se não bastasse, o segundo andar do Studio Dama é palco de eventos (grandes ou pequenos). “Já chegamos a fazer festa para 400 pessoas, mas fizemos também para apenas 15”, conta Deco Marcondes, fundador. Um dos casos mais emblemáticos dos quais ele lembra foi a festa de fim de ano da Visa. “Usamos também o espaço do salão e foi uma experiência completamente diferente para os colaboradores, porque chegaram até a cortar o cabelo ao lado do presidente da empresa”.
 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS