Os sucos saudáveis que conquistaram Cindy Crawford

O Whow! Festival de Inovação levou alguns de seus participantes para conhecer a Urban Remedy, empresa que vende sucos de verduras prensadas a frio

A Urban Remedy nasceu de uma simples filosofia: “seu alimento é seu remédio”.

Os sucos naturais são feitos com o processo de prensagem a frio. Por isso não oxidam nem degradam frutas e verduras contidas nele, e apresentam até cinco vezes mais vitaminas, minerais e enzimas do que um produto industrializado.

“Conhecemos essa marca na Califórnia em 2012 nos apaixonamos pelo conceito e decidimos virar sócios e depois trouxemos ela em 2013 para o Brasil, conta Roberta Suplicy durante a Visita Criativa do Whow! Festival de Inovação, realizada na loja da rua Oscar Freire em São Paulo. A marca tem como embaixadora Cindy Crawford. A modelo conheceu a Urban Remedy por meio de uma amiga.

Confira aqui a cobertura completa do Whow!

Junto com a sócia Juliana Loureiro, Roberta leva a sério não só uma alimentação saudável como também os negócios. “Sou quase vegetariana”, brinca a executiva. Ela explica que a Urban tem parcerias com academias, hotéis e outras empresas que acabam impulsionando a marca no mercado.

Por enquanto a Urban prefere trabalhar com lojas próprias e já anuncia abertura de uma nova unidade no bairro de Moema. Ao final do ano a marca pretende consolidar quatro unidades na capital e expandir seus pontos de venda, que já somam seis em São Paulo.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

“Existe uma demanda muito grande pra abrirmos franquias, mas, esse modelo da Urban requer muito controle. Deixar isso nas mãos de outras pessoas neste momento não é nossa estratégia. A Urban requer muito cuidado e planejamento”, explica Roberta.

No bate-papo com os visitantes, ela conta que hoje o consumidor conhece e recomenda os produtos e que vários profissionais como médicos e nutricionistas, que se identificam com a marca, também apoiam a Urban.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Desafios

Roberta conta que a Urban teve alguns desafios como qualquer outro negócio inovador que chega ao mercado brasileiro.

“Tivemos alguns problemas com regulação por falta de entendimento do mercado. Mas hoje trabalhamos de forma muito tranquila. Além disso, temos nutricionistas em todas as lojas para esclarecer nossos clientes”, diz Roberta.

Ela afirma que os maiores desafios para a Urban – além da burocracia brasileira – está na oferta de tecnologias e serviços que se adequem as necessidades e ao porte de uma PME com potencial de crescimento. “Há muita tecnologia e serviços caros e que não se adaptam ao modelo do nosso negócio. Isso cria obstáculos para uma empresa se consolidar e expandir de forma sustentável. Enfim, você tem que amar muito aquilo que você faz para criar um negócio inovador no Brasil”, finaliza Roberta.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS