Conheça as 20 empresas de varejo mais valiosas do mundo

A gigante Ikea está na lista, mas não figura entre as três mais importantes. Confira quais são e como elas se tornaram tão valiosas

As lojas de varejo têm sofrido forte alterações estruturais para se manterem competitivas em um mundo quase que totalmente digital. Levantamento foi feito pela BrandZ, listou as 100 empresas de varejo mais valiosas do mundo e explicou o que as principais empresas têm feito para se destacar.
As características em comum das empresas mais bem avaliadas são altos investimentos em tecnologia e inovação, melhorando a experiência do consumidor e assim, fidelizando os clientes.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
A seguir, confira o top 20 do ranking e os motivos que transformam as duas líderes do ranking nas empresas líderes global do segmento.

1. Amazon

A companhia, que também ocupou a liderança do ranking em 2016, cresceu 41% no último ano e tem valor de mercado de US$ 139 bilhões. O aumento foi impulsionado por investimento em melhorias e mais velocidade nas compras online, além de plataformas como Amazon Prime Pantry e Amazon Prime Now.
O lançamento da Amazon Go, um supermercado cujos produtos são computados e pagos por meio do aplicativo da companhia, sem a necessidade de filas ou tempo em caixa, também foi determinante para a manutenção da Amazon na primeira posição.
Investimentos em tecnologia como a assistente pessoal da companhia, a Alexa, também reforçaram a satisfação, fidelidade e a marca Amazon junto aos clientes.

2. Alibaba

Líder de comércio eletrônico na China, a Alibaba também se manteve a segunda posição do ranking com um valor de marca de US$ 59,1 bilhões, após fechar parceria com o Grupo Bailan, que opera quase 5 mil lojas no país.
A relação também ajudou a Alibaba ligar essas novas lojas à suas plataformas de comércio eletrônico online, Tmall e Taobao, além da função de pagamento Alipay.
No último ano a empresa expandiu ainda a sua atuação global, tornando-se uma das principais vendedoras automotivas na Rússia. Atualmente, planeja criar um centro de logística na Bulgária e um centro de distribuição na Croácia.

3. The Home Depot

4. Walmart

5. Ikea

6. Costco

7. Lowe’s

8. Ebay

9. ALDI

10. JD.com

11. Walgreens

12. CVS

13. 7-eleven

14. Target

15. Tesco

16. Lidl

17. Carrefour

18. Woolworths

19. Kroger

20. Coles

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS