Apenas 18% dos brasileiros têm acesso à TV sob demanda

Estudo da GfK revela a forma como o brasileiro utiliza o aparelho de TV – e mostra que eles ainda curtem essa ferramenta de lazer. Veja o infográfico

Você gosta de ver TV? Em qual cômodo de sua casa? Com qual frequência? Essas foram algumas das perguntas que a consultoria alemã GfK fez aos consumidores brasileiros. Com isso, percebeu que, apesar da chegada das funcionalidades on demand, ainda existe uma grande adesão ao aparelho de televisão. Prova disso é que, de acordo com a GfK, apenas 18% dos brasileiros têm acesso a recursos que permitem ver o que quiser, quando quiser. O número varia de acordo com a região: em Belém, 10% da população usa esse tipo de serviço. Em Florianópolis, a porcentagem é de 27%. O dado, obtido por meio do levantamento socioeconômico da consultoria, considerou pouco menos de 17 mil entrevistas feitas em 15 regiões metropolitanas.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Ainda de acordo com a GfK, 33% dos brasileiros ainda possuem televisão de tubo e 96% das TVs (de qualquer modelo) são usadas pelo menos uma vez por semana. Em Fortaleza, este dado chega a 98% – o pessoal de lá gosta muito dessa tela.

Outro ponto bastante curioso é a localização da TV: o estudo mostra que 76% dos brasileiros ainda veem televisão na sala, enquanto 16% curtem esse momento de lazer no quarto, mesmo.

Confira mais informações no infográfico:

Crédito: Melissa Lulio

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Quanto custa abrir uma franquia de varejo no Brasil?

Home office é tendência de trabalho para 2020: veja 5 dicas

“Parasita”: Pessoas, baratas, parasitas e a diluição da identidade

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

Quais são as tendências para 2020. Veja a lista

VEJA MAIS