Waze revela onde os consumidores compram presentes de Dia dos Pais

Análise do Waze mostra também que não são feitas muitas compras no segundo domingo de agosto – na data, o Dia dos Pais é comemorado de outra forma

Por: - 2 anos atrás

Shutterstock

O seu pai (ou qualquer outra pessoa que você vá presentear no segundo domingo de agosto) gosta de futebol? O meu não gosta. Na casa da repórter que aqui escreve, o conhecimento sobre esportes não é grande coisa – sou quem mais entende, e só sei o que sei porque monto times no Cartola. Contudo, a minha realidade parece ser diferente do cenário brasileiro. Prova disso é uma análise feita pelo Waze sobre o uso do aplicativo nos dias que antecederam o Dia dos Pais em 2016.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

De acordo com o estudo, as navegações para lojas de artigos esportivos cresceram mais de 70% e as idas para lojas de roupas cresceram mais de 95% no sábado que antecede a data. O aplicativo identificou também que o dia com mais idas ao shopping para a compra de presentes é a sexta-feira que antecede a data. Nesse dia, o aumento nas navegações para esses destinos chega a 21%. No domingo, porém, as visitas a esses locais são poucas. Para o Waze, isso significa que as pessoas reservam o domingo de Dia dos Pais para passar o dia com a família e celebrar.

Melhores presentes

Como indica a empresa responsável pelo app, smartphones, roupas e acessórios esportivos fazem sucesso na data – e são comprados em cima da hora.  Quem quis investir em um smartphone fez a compra nos shoppings: cerca de 66% dos usuários do Waze compraram celular em uma loja física em 2016.

O estudo mostra ainda que, se o domingo costuma ser sinônimo de calmaria no varejo, nos restaurantes o movimento é contrário. No mês de agosto de 2016, o fim de semana do Dia dos Pais foi o único em que o volume de navegações para restaurantes foi maior no domingo do que no sábado.

Domingo dos pais

Além de trajetos para restaurantes, o domingo de Dia dos Pais é marcado no Waze por viagens com distâncias maiores, percorridas pelos usuários que moram longe dos pais, e por um número menor de usuários online no app. Ou seja, o domingo é mesmo um dia para ficar junto com a família.