Movimento nos shopping centers brasileiros cresce em julho

Brasileiro aproveitou as férias escolares para ir com mais frequência aos shopping centers em relação a julho de 2016. Confira

O brasileiro frequentou mais os shopping centers em julho. Segundo monitoramento feito pela Associação Brasileira de Shopping Centers em parceria com a FX Retail Analytics, o movimento cresceu 2,58% em relação a julho de 2016.
A retomada do movimento nos estabelecimentos comerciais em época de férias é comemorada pelo setor. Quando comparado a junho, o movimento foi de queda de 1,28% impulsionado pelas compras do Dia dos Namorados.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Divisão por região

Entre as regiões, o Sul foi a que teve mais destaque, com crescimento registrado de 9,75% em comparação a julho do ano passado. A região Sudeste também cresceu (1,66%) , acompanhada do Nordeste, com 1,36%.
No acumulado anual foi registrado um crescimento de 0,51% fechou em alta pela primeira vez com índice positivo. O número acompanha a tendência do primeiro trimestre.

Mercado internacional

A diminuição de fluxo nos shopping centers é uma tendência internacional. Nos Estados Unidos, por exemplo, estima-se entre 20 e 25% desses estabelecimentos em funcionamento hoje no país devem fechar as portas até 2022, segundo o Credit Suisse.
Os principais motivos para a queda do império dos shoppings centers nos Estados Unidos são o forte crescimento do comércio digital, o fechamento das lojas físicas e a popularização de lojas localizadas fora dos shopping centers.






ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS