Alinhar inovação e sustentabilidade é uma arte – e um grande negócio

Para a OLX, a sustentabilidade não fica apenas na conversa. A economia compartilhada e o consumo consciente são essenciais em sua atuação. Entenda

Shutterstock

A economia compartilhada está fazendo consumidores em todo o mundo repensarem sua noção de consumo. No Brasil não é diferente – um levantamento recente, inclusive, aponta que 80% da população comemora a existência desse modelo. Durante o Whow! Festival de Inovação, um dos grandes exemplos brasileiros deste mercado esteve presente para compartilhar sua cultura: a OLX.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

A plataforma hoje é referência quando o assunto é compra e venda de usados. “Para a OLX, a sustentabilidade não é papo furado, é nossa estratégia”, destacou Pupo Neto, Diretor de Branding e Customer Service, durante o festival. O executivo participou do painel “Inovação e impacto social: causas que movem os negócios” ao lado de outros empreendedores sociais, como Kim Machlup, Sócia da MOV Investimentos e Ana Julia Ghirello, Fundadora da abeLLha.

Propósito forte

O grande objetivo da organização é recuperar a vida útil de objetos que, muitas vezes, estão parados na casa do consumidor e podem fazer a diferença na vida de outra pessoa. Esse propósito tem tanta força que os colaboradores da companhia são profundamente envolvidos com a causa.

“Na empresa, as pessoas falam sobre as nossas causas no dia a dia. Estamos falando de uma empresa que possui um propósito e valor. E isso une tanto os atuais quanto os ex-funcionários”, comentou durante o debate.

Em entrevista exclusiva ao Whow!, Neto explicou que o modelo de negócio da OLX só funciona quando a empresa consegue ensinar os usuários a consumir de forma diferente. Essa visão de consumo consciente é muito forte e é essencial para construirmos uma sociedade mais equilibrada.

Confira a entrevista na íntegra:

 

 

*Consumidor Moderno em colaboração com a OLX






ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS