Proteste realiza o teste da farinha – e o resultado é preocupante

A entidade de defesa do consumidor testou quatro conhecidas marcas de farinha. Na lista de problemas, há restos de animais e ate fragmentos de pelos de ratos

Por: - 2 anos atrás

Shutterstock

Com a proximidade do fim de semana, é inevitável não pensar em pizza. O alimento está diretamente associado com encontros com amigos, familiares e até mesmo encontros românticos. Mas você já se perguntou sobre a qualidade da farinha usada de um dos pratos preferidos do brasileiro?

A Proteste realizou a análise de quatro marcas de farinha de trigo a partir dos critérios utilizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ou seja, 75 fragmentos de insetos em uma porção de 50 gramas do alimento.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Entre as farinhas de trigo avaliadas, a da marca Sol encontrada um fragmento de pelo de roedor – uma prática não permitida para esse tipo de alimento.

Aprovadas

As outras farinhas de trigo avaliadas, Renata, Dona Benta e Rosa Branca, apresentaram, respectivamente, 33, três e cinco fragmentos de insetos em 50 g de amostra. Ou seja, elas estão dentro do que exige a Anvisa.

Proteste/ divulgação