Samsung lança aplicativo para pessoas com baixa visão

O Rélúm?no, que funciona em conjunto com o Gear VR, é um assistente visual para pessoas com dificuldade de enxergar

Foto: Divulgação

A Samsung acaba de lançar um aplicativo que pode mudar a forma que muitas pessoas enxergam a vida. Literalmente. O Rélúm?no é um programa de assistência visual que funciona em conjunto com o Gear VR, óculos de realidade virtual da empresa sul-coreana. Com eles, uma pessoa com problemas em enxergar ou baixa visão poderá ter um grande aliado a partir de agora.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Isso porque o aplicativo processa as imagens da câmera traseira do smartphone e as transforma em um estilo que seja próprio para deficientes visuais que não sejam totalmente cegos.

Ou seja, a partir do óculos, é possível aumentar ou minimizar a imagem, destacar o contorne, ajustar pontos como cores e brilho, entre outras tantas ferramentas.

Com isso, o usuário pode calibrar as imagens da forma que bem entender. Consequentemente, haverá mais conforto e nitidez em um momento específico, como quando estão lendo ou observando um objeto.

Aqueles que possuem problemas como a visão em túnel, que é a perda da visão periférica, também poderão ser beneficiados pelo aplicativo. Após configurar o ponto cego no programa, o Rélúm?no automaticamente coloca o ponto cego nas partes visíveis da pessoa.

“O Relúm?no mudará a vida de 240 milhões de pessoas com deficiência visual ao redor do mundo e prometemos um apoio sólido e contínuo”, afirma Jaiil Lee, Vice-Presidente e Responsável do Centro de Criatividade e Inovação na Samsung Electronics.

O braço de inovação da Samsung

O Relúm?no, que recebeu esse nome por significar “tornar iluminado novamente”, em latim, foi um projeto do programa C-Lab, um incubador interno mantido pela Samsung. Desde maio do ano passado em desenvolvimento, o aplicativo continuará sendo atualizado continuamente.

A equipe do Relúm?no pretende desenvolver produtos específicos para esse público, como óculos especiais, para facilitar a vida dos usuários. Feedbacks também são esperados para o app alcançar melhores resultados.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS