Interesse por financiamento volta a crescer entre as famílias de SP

Monitoramento aponta que 26% das famílias de São Paulo querem pedir algum tipo de financiamento. Instituição prevê retomada de contração de dívidas. Confira

As famílias paulistanas voltaram a ter interesse em pedir financiamento. Em agosto, 26% disseram que pretendiam voltar a procurar algum tipo de financiamento, segundo a FecomercioSP. No mês anterior, o mesmo índice que mede esta intenção atingiu o menor patamar da história.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
Na avaliação da instituição, os dados mostram uma aparente retomada das famílias na intenção de contrair dívidas. Mas, para que a tendência se permaneça, “ainda é preciso primeiro reduzir o endividamento (ou ao menos melhorar o perfil das dívidas) e solidificar a retomada do emprego para somente depois encorajar maciçamente as famílias (e os bancos) a voltar ao mercado de crédito, que é o grande ‘alavancador’ das vendas, principalmente para setores como o de bens duráveis e o segmento imobiliário”, diz a nota da instituição.

Relação com o crédito

O índice que avalia a segurança de crédito caiu 3,5% em relação a agosto de 2016 e -2,9% em comparação a julho deste ano. O principal motivo foi a queda na segurança de crédito registrado entre os endividados que diminuiu 4,9% em relação ao ano passado e 1,6% em comparação a julho.
A confiança entre os não endividados apresentou um leve crescimento (0,6%) na comparação mensal e 3% no contrapondo anual.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS