Os 60 anos da Kombi

No mês de setembro, um dos veículos mais famosos do mundo completa 60 anos e mesmo fora de produção continua em alta no mercado de usados

Por: - 2 anos atrás

No Brasil, em 1957, saía das linhas de montagem da Volkswagen a primeira Kombi feita com 50% de componentes nacionais.

O conceito deste veículo que conquistou o mercado pela sua versatilidade e custo acessível, surgiu no final de 1940 na Alemanha, a partir dos rabiscos do importador holandês Ben Pon.

De lá para cá o automóvel sofreu várias mudanças pelas mãos do engenheiros da Volkswagen, mas sem perder seu design icônico.

A última versão do utilitário, batizada de Last Edition, foi produzida em 2013. O Brasil foi o último país a fabricar o carro.

Carinhosamente chamada de Perua, Komboza, “Pão de Forma” (para os portugueses), ou simplesmente Kombi, ela foi e ainda é utilizada para diversos fins.

Mercado

Mesmo fora de linha a Kombi segue com vendas aquecidas no mercado de usados. Somente em julho, foram realizadas 289.288 buscas pelo veículo no site de usados OLX.

Segundo o portal, no primeiro semestre de 2017 foram vendidas 4.531 Kombis pela plataforma. Um volume 43,4% maior em relação ao mesmo período do ano anterior. Modelos mais antigos, das décadas de 1950 a 1980, também tiveram seu espaço: 339 foram comercializados no primeiro semestre.

Os estados que mais venderam Kombis no primeiro semestre do ano foram São Paulo (1250 unidades), Rio de Janeiro (553 unidades) e Minas Gerais (451 unidades). Em conjunto, os três representam metade das vendas totais do modelo no Brasil.

Homenagem

No dia 2 de setembro comemora-se o Dia da Kombi. No Brasil diversos clubes dedicados ao veículo se reúnem para desfilar com seus exemplares e contar boas histórias. Um deles é o Kombi Clube do Brasil, sediado em São Paulo.

Nessa data emblemática para a indústria automobilística, prestamos nossa homenagem por meio dessa galeria de fotos, onde a Kombi é vista em diversas situações e modelos – até mesmo em cena de seriados e filmes famosos.