Uma solução para os problemas da saúde pública?

Em painel no CONAREC, o vice-presidente do Dr. Consulta falou sobre o interesse do Ministério da Saúde no modelo de atendimento oferecido pela empresa. Entenda

Grupo Padrão/ divulgação

Uma das gratas surpresas para o consumidor que precisa fazer uma consulta ou exame é a entrada no mercado Dr. Consulta, uma rede de centros médicos que descobriu na tecnologia o caminho para oferecer um serviço entre o SUS e os planos de saúde.

Para falar sobre a empresa, o convidado foi Renato Veloso, dentista por formação e atual vice-presidente de mercado do Dr. Consulta. Em meio ao debate, ele revelou que a empresa foi consultada pelo Ministério da Saúde para falar sobre a possível replicação do bem-sucedido modelo da empresa em um eventual aprimoramento ou até mesmo a substituição da oferta de exames e consultas na rede pública brasileira.

O modelo proposto foi de uma parceria público-privada cuja remuneração seria baseada em metas de atendimento. Tudo isso seria muito parecido com o modelo do Dr. Consulta, inclusive agendamentos via aplicativo – e exceto pela remuneração, que sairia dos cofres públicos.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

“Quando olhamos a rede de saúde pública do País, estamos falando do terceiro maior contratador de mão de obra do País. No entanto, mesmo com tanta gente sabemos da deficiência do atendimento público, muito embora o SUS seja um modelo que possui boas características. Entendo que o estado deveria incorporar empresas do nosso perfil e deixar que cuidemos da atenção básica de saúde. O estado deveria cuidar de assuntos como cirurgias e tratamentos mais complexos, como já faz o Hospital das Clínicas por meio do SUS”, explicou.

Corujão

O detalhe que chama a atenção é que o Dr. Consulta não é um marinheiro de primeira viagem quando o assunto é a oferta de exames gratuito e semelhante àquele oferecido pelo estado. No início do ano, a empresa participou do Corujão da Saúde, uma espécie de mutirão para zerar a fila de exames e consultas do município de São Paulo. “Por meio dessa parceria realizamos mais de 24 mil tomografias no Corujão da Saúde”, afirma Veloso.

1,3 mil médicos

Evidentemente que nem todo mundo ainda conhece o Dr. Consulta. A ideia surgiu em Heliópolis e rapidamente ganhou unidades próximas a grandes corredores de ônibus e estações de Metrô. Hoje, são 44 unidades na Grande São Paulo e até mesmo no Interior. Dentro dessa estrutura trabalham 1,3 mil profissionais da saúde. “Muita gente pensa que somos uma franquia na área da saúde. É tudo rede própria e que emprega 1,3 mil profissionais, todos devidamente contratados e alguns deles fazendo residência em Hospitais como o Albert Einstein e o Sírio”, afirma.

O segredo para bons e jovens profissionais do mercado é a remuneração – que seria bem superior à média oferecida pelos planos de saúde. A fórmula matemática para que a empresa ofereça bons salários e, ao mesmo tempo, entregue serviços com um custo mais baixo na comparação com os planos de saúde é a tecnologia. Agendamentos podem ser feitos pelo aplicativo do Dr. Consulta, assim como os exames, que ficam disponíveis para consulta no app. “Aprimoramos o modelo para reduzir custos desnecessário e ainda oferecer um serviço de ótimo qualidade. De tão bem sucedido, 25% dos clientes possuem planos de saúde, mas preferem a gente”, explica.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS