Conheça Roque, o chatbot do Rock in Rio criado para tirar dúvidas

O maior festival de música do Brasil, o Rock in Rio também entrou na onda dos chatbots para atender melhor seus clientes

Crédito: Jacques Meir

Estima-se que milhares de pessoas passem pela Cidade do Rock entre os dias 15 e 24 de setembro, no Rio de Janeiro. Considerado o maior festival de música da América do Sul, o Rock in Rio foi buscar na tecnologia do momento um artifício para melhorar a experiência de seus consumidores.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
Assim como outros chatbots testados pela NOVAREJO, o Roque está integrado à página oficial do Rock in Rio no Facebook. As conversas pré-programadas acontecem por meio do Facebook Messenger de forma automática. Confira o que achamos.

1. Primeiros passos

O primeiro contato com o Roque acontece após o usuário entrar na página oficial do festival e clicar para iniciar conversa. Logo a seguir, o chatbot se apresenta, explica o que ele pode oferecer e diz que o bate-papo acontecerá com botões clicáveis e digitação do usuário.

A primeira interação do Roque acontece neste momento. Ele diz: “Bom… eu já estou indo para o meu 7º Rock in Rio. E você? Vai algum dia para a nova Cidade do Rock?”.

2. Primeiro contato frustrado

Ao digitarmos um dos dias do festival, o robô não compreende o que dizemos e pede para escolhermos uma das opções pré-determinadas: Informações Gerais, Ver Experiências e Outros Assuntos.

3. “Informações Gerais”

Não desistimos e optamos por continuar a conversa clicando em “Informações Gerais”. A partir de então, o robô abre um menu de opções programadas: Como chegar à nova Cidade do Rock?; O que posso levar ao festival?; Ingressos, Pulseiras e Entrada no Festival; Mapa da Cidade do Rock; Necessidades especiais; Clube de benefícios pros fãs do Rock in Rio; Utilize seu cartão Visa e desfrute de vantagens exclusivas; e Outros assuntos.

Optamos por escolher a opção de “Como Chegar” e o robô voltou a interagir conosco, dizendo o endereço da Cidade do Rock seguido da pergunta “Agora me diz: como vc (sic) pretende chegar na nova Cidade do Rock? O Itaú e o Rock in Rio querem te ajudar”.
Mas quando escrevemos “ônibus” ou “carro” o Roque não entende o que dizemos e volta a dizer o endereço do festival e fazer a pergunta de qual será a locomoção.

4. Voltamos ao menu inicial

Subimos a janela e voltamos ao menu inicial para escolher a opção “Ver experiências”. A partir de então, o robô mostra as várias experiências oferecidas pelo festival.
Entre as opções está a novidade deste ano. O movimento ambiental do Rock in Rio chamado de “Amazonia Live”. Ao escolher essa opção, Roque dá informações socioambientais sobre o desmatamento da floresta amazônica, explica como funciona o Amazonia Live e dá a opção do consumidor pagar para plantar uma árvore no Rio Xingu.

5. Outras opções

Voltamos ao menu inicial que continha ainda informações sobre o festival como a substituição do show da cantora Lady Gaga pela apresentação da banda Maroon 5, experiências como resolver “mistérios” da cidade do rock como o “roubo” da Guitarra do Slash, o “sumiço” da tirolesa ou ainda o “desaparecimento” dos vinis da Madonna.

Ô NOVAREJO, dá aí o veredito!

Há anos a marca Rock in Rio tem apostado em diferentes parcerias e tecnologias para proporcionar experiências diferentes ao seu público. Depois de brinquedos gigantes dentro da Cidade do Rock, o festival optou por criar um momento diferente, informativo e curioso, em um espaço muito usado pelos seus clientes: as redes sociais.
Assim como os demais chatbots testados pela NOVAREJO, o Roque também tem pouquíssima inteligência para interações que vão além de cliques em respostas já programadas e isso empobrece a experiência do usuário.
No entanto, o chatbot é recheado de informações úteis e brincadeiras que prendem o consumidor na plataforma. Em síntese, nós curtimos e ficamos ansiosos por uma experiência de chatbot integrada com inteligência artificial.
Pense mais na edição que vem Roque, que nós vamos gostar ainda mais de você!

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS