Livro infantil aborda as boas práticas de consumo e descarte dos plásticos

Obra versa sobre o tema da reciclagem para as crianças e a impotância desse conhecimento ser vivido na prática, tornando-se assim, um hábito para a vida

Um estudo publicado em julho deste ano pela revista Science mostra que a produção de plástico explodiu na última metade do século XX.

Ela cresceu em uma taxa duas vezes e meia maior do que o PIB mundial. Atualemnte, a quantidade acumulada de plástico é de 8,3 bilhões de toneladas no mundo todo.

No entanto, o índice de reciclagem no mundo todo ainda é baixo: 9%.  Outros 12% são incinerados e 79% acabam acumulados em aterros sanitários, lixões ou despejados no meio ambiente.

De olho nesse desafio e com o objetivo de promover a educação ambiental, o consumo responsável e o descarte correto dos plásticos, o instituto Plastivida lançou o livro infantil, NÓS E O PLÁSTICO.

A obra mostra a presença dos plásticos no dia a dia das pessoas, as formas de reutilização e a importância da coleta seletiva e da reciclagem. O livro ainda conta com caça-palavras, palavras cruzadas e ilustrações para colorir, sempre remetendo a criança ao uso sustentável dos produtos plásticos.

Segundo Miguel Bahiense, presidente da entidade, o intuito é oferecer a informação correta sobre a contribuição dos plásticos à vida moderna, em conjunto com as boas práticas de consumo e descarte adequado.  “É muito importante trabalhar o tema reciclagem com as crianças, porque esse tipo de conhecimento passa a ser vivido na prática e acaba se tornando um hábito para a vida delas e de seus familiares.”

Parcerias

A partir de um contato com a Plastivida, os interessados poderão ter acesso ao arquivo em PDF para a publicação do material e inclusão de sua logomarca, para utilizarem o livro em suas próprias ações voltadas à sustentabilidade. “Queremos, com isso, ampliar o alcance da publicação, que é de fundamental importância para que a relação da sociedade com os plásticos seja mais harmoniosa a cada dia”, completa Bahiense.

Para mais informações: www.plastivida.org.br

 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS