É a vez delas? Mulheres no poder e qualidade de vida

Começa a conferência sobre qualidade de vida promovida pela Sodexo. A ideia é buscar soluções para tornar o cotidiano das pessoas cada vez melhor. Entenda

Por: - 1 ano atrás

Melissa Lulio

Inteligência artificial, tecnologia e gestão são temas indispensáveis para as empresas. Contudo, o que nem todas elas sabem é que a questão da qualidade de vida é tão fundamental quanto esses assuntos. Não por acaso, entre os dias 16 e 17 de Outubro, a Sodexo realiza a 2ª edição de sua conferência sobre qualidade de vida – a II Conferência Sodexo de Qualidade de Vida. Realizado em Londres, o evento traz grandes nomes, como o futurista Ray Kurzweil e a atriz e a ativista Jane Fonda. A Consumidor Moderno está na cidade britânica acompanhando a programação durante os dois dias.

Já no primeiro dia, conversamos com Sophie Bellon, presidente do Conselho Diretivo da empresa e filha do fundador da Sodexo. O diálogo surge em boa hora: no Brasil, a empresa acabou de anunciar a promoção de Andréia Dutra, VP de Recursos Humanos da empresa, que se tornou também a nova presidente da Sodexo On-site Brasil. Ela é a primeira mulher a assumir esse cargo na companhia no país. Por isso, um dos assuntos abordados foi justamente o papel da mulher na luta pela qualidade de vida.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Para Sophie, porém, esse é um papel que cabe aos dois gêneros – não por acaso, ao lado dela, no cargo de CEO, há um representante do gênero masculino, Michel Landel. Inclusive, ela aponta a diversidade como um grande método. “Nesse evento, temos a chance de concentrar pessoas, diferentes públicos, para falar sobre essa busca por soluções voltadas para qualidade de vida, o que é o centro do negócio da Sodexo”, destaca.

Não por acaso, a empresa foi fundada pelo pai de Sophie justamente com o objetivo de facilitar a vida das pessoas. Contudo, é inquestionável que houve uma mudança no contexto das pessoas desde a criação da empresa – e essas transformações só tendem a crescer. Por isso, a executiva destaca que um dos maiores desafios de hoje é justamente se manter atualizada, acompanhando as mudanças do mundo.

Estratégia

Nesse sentido, ela comenta sobre uma das maiores discussões que costumam girar em torno da Sodexo: a diminuição das oportunidades de emprego, diante do aumento da tecnologia – uma transformação que deixa muita gente de cabelos em pé. Para Sophie, não haverá menos vagas, mas diferentes modelos de trabalho e novas ocupações.

Questionada sobre a maneira como a Sodexo lida com clientes, a executiva comenta que a empresa não é só “uma prestadora de serviços”. Na verdade, ajuda funcionários a viver em diferentes ambientes, realizando algo como uma consultoria, compreendendo as questões que afligem as empresas que contratam a Sodexo e colaborando com a busca por soluções.