Com Assaí, GPA reverte prejuízo líquido em lucro no trimestre

Uma das maiores redes supermercadistas do País conseguiu registrar lucro no terceiro trimestre deste ano com a ajuda do atacado

Mais uma vez a bandeira de atacarejo Assaí conseguiu fazer os números do GPA subirem. Uma das maiores redes supermercadistas do País conseguiu reverter o prejuízo do terceiro trimestre de 2016 em lucro no terceiro trimestre deste ano.
De acordo com dados da companhia, o GPA saiu de um prejízo de R$ 119 milhões para um lucro de R$ 32 milhões. No período, a empresa registrou um crescimento de 8,1%, totalizando R$ 10,9 bilhões. Desse total, o Assaí representa 43%.
“Desde o final de 2016, os resultados que temos apresentado estão em linha com o que foi planejado e esse trimestre seguimos essa tendência positiva. Mesmo diante de um trimestre marcado por um cenário macro econômico ainda complexo, com uma forte deflação em algumas categorias de alimentos, podemos ver uma melhoria operacional e financeira decorrente do trabalho realizado internamente pelo time”, disse em relatório Ronaldo Iabrudi, diretor presidente do GPA.
A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!
“Continuamos a avançar nas nossas prioridades estratégicas de: construção de um portfólio de lojas mais equilibrado com a assertividade das conversões de hipermercados para Assaí; transformação digital de nosso negócio por meio de iniciativas como ‘Meu Desconto’ e aumento de market share em todas as unidades de negócios”, disse o executivo.

Atacarejo em destaque

O GPA detém as bandeiras Pão de Açúcar, Extra, Minuto Pão de Açúcar, Minimercado Extra, Compre Bem Aliados e Assaí.
De todas as bandeiras do grupo, novamente a de atacarejo se destaca. A receita líquida do Assaí totalizou R$ 4,7 bilhões, com evolução de 25,2% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado. No conceito ‘mesmas lojas’, o Assaí atingiu um crescimento de 7,7%.
Nos últimos 12 meses, a bandeira abriu 17 lojas, que adicionaram ao redor de R$ 900 milhões de vendas brutas no trimestre. O bom desempenho da bandeira tem feito a companhia apostar cada vez mais no segmento e, com isso, ela segue com a estratégia de conversão.
Segundo a empresa, as lojas convertidas apresentaram um múltiplo de vendas de cerca de três vezes, acima da expectativa da empresa.
A bandeira Pão de Açúcar, por sua vez, apresentou recuperação da tendência de vendas e volumes como resultado das iniciativas implementadas desde o final do segundo trimestre deste ano, como: reforço do programa de fidelidade através do programa Meu Desconto; ação promocional Juntou & Trocou; e fortalecimento dos produtos icônicos com maior atratividade de preço.






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS