Infográfico: brasileiros só baixam aplicativos que tenham utilidade prática

Para brasileiros, os aplicativos que já estão em uso (como apps de mensagem ou banco) são prioridade e o interesse por outras ferramentas é baixo. Entenda

Por: - 2 anos atrás

Com a ascensão digital, é possível dizer que muitas pessoas hoje carregam suas vidas na palma da mão – em seu smartphone. A pesquisa Global Mobile Consumer Survey 2017, realizada pela Deloitte, comprova essa ideia. Mais do que isso, ela mostra um fato importante sobre a relação dos brasileiros com aplicativos: os consumidores estão interessados apenas em ferramentas úteis para o seu dia a dia.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

É fundamental que as empresas entendam o comportamento do consumidor de apps para planejar suas estratégias. Nesse ponto, o estudo mostra que é preciso cautela:  48% dos brasileiros entrevistados não vêem necessidade de ter mais apps do que já têm. O baixo interesse também está ligado a falta de memória suficiente para muitas plataformas (39%) e a preferência pelo uso do navegador mobile (10%).

Vida financeira

Entre os apps preferidos, as ferramentas de mensagem (94%) e redes sociais (89%) ficaram em destaque, como de costume. Ao mesmo tempo, a pesquisa mostra que os apps de instituições financeiras também são importantes para os brasileiros.

Entre os entrevistados, 67% preferem utilizar o app para realizar transferências em dinheiro e 46% para consultar seu saldo. No geral, esse canal fica na preferência de 34% das pessoas na hora de realizar suas transações.

Confira todos os destaques da pesquisa no infográfico:

Infográfico: Fernanda Pelinzon, Grupo Padrão