Número de reclamações na Anatel caiu 5,7% em outubro

Dados da Agência Nacional de Telecomunicações demonstram que as operadoras de telefonia estão se esforçando cada vez mais para solucionar problemas. Confira

Por: - 1 ano atrás

Shutterstock

Há boas notícias para o segmento de Telecomunicações – e especialmente para os consumidores. No mês de outubro, o número de reclamações na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) caiu 5,7% na comparação com o mesmo mês de 2016. Como identificamos no estudo Cenário dos SACs – que será publicado na edição 230, de Novembro, da Consumidor Moderno, esse segmento tem apresentado avanços quando o assunto é resolutividade.

Ao contrário do que os clientes podem muitas vezes imaginar, a vida também não é fácil para essas empresas: são elas que fornecem internet e, cada vez mais, esse é um bem indispensável para o consumidor. Ou seja, precisamos delas mais do que de qualquer outro serviço. E não é fácil lidar com demandas do Brasil inteiro.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Além disso, o avanço tecnológico e de demandas foi muito mais rápido do que o mercado poderia imaginar. De repente, estávamos todos querendo internet rápida, boa e barata – e as empresas precisaram se adaptar. Por isso, os dados do mês de outubro, apresentados pela Anatel, são bastante positivos: nesse mês a telefonia móvel foi a que mais apresentou redução (-11,3%).

Nos segmentos de telefonia móvel e telefonia fixa, todos os grupos de empresas acompanhados individualmente pela Anatel apresentaram redução nas reclamações em outubro, quando comparado com outubro de 2016. A empresa de destaque, porém, foi a Vivo , com a redução de 24,7% de queixas em telefonia móvel e de 8,1% em telefonia fixa.