Família de Carlos Wizard Martins adquire KFC e Pizza Hut no Brasil

Família, que já detém marcas como Taco Bell e Mundo Verde, fez acordo com a Yum! Brands para operar as duas marcas no Brasil

A família de Carlos Wizard Martins não para mesmo. O empresário fez acordo com a Yum! Brands para ser o detentor das marcas de fast food KFC e Pizza Hut no Brasil. O empresário, que já é o máster franqueado do Taco Bell no Brasil – também da Yum! Brands – tem um rol de negócios através da holding da família, o Sforza, como Mundo Verde e Wise-Up.

“Além de reforçar o relacionamento entre as marcas e seus atuais franqueados, investiremos na expansão das duas redes nos principais mercados do Brasil, pois acreditamos que existe um enorme potencial de expansão”, disse em nota Carlos Wizard.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora! 

“A Pizza Hut já é uma operação madura no Brasil, com uma marca reconhecida, desejada e com forte apelo junto aos mais variados públicos. Enxergo várias oportunidades para reforçar sua presença local. Já o KFC é uma rede que oferece um produto de qualidade, gostoso e com bom preço que tem um modelo altamente escalável”, explicou.

Expansão

O acordo prevê a aquisição de 14 unidades existentes da marca KFC. Ao todo, a marca possui 47 unidades franqueadas. Já a Pizza Hut conta com 180 unidades.

A família não abriu valores da negociação, mas anunciou que deve investir em torno de R$ 60 milhões nos próximos cinco anos na abertura de 20 unidades próprias da KFC e  mais R$ 75 milhões no mesmo período para a abertura de 35 lojas próprias da Pizza Hut.

Holding de fast-food

Com a aquisição, a família criará uma holding de marcas de fast-food, incluindo as marcas KFC, Pizza Hut e Taco Bell. Lincoln Martins, filho de Wizard, assumirá essa operação como CEO.

“Nossa performance com o Taco Bell, ao abrirmos 20 unidades próprias em pouco mais de um ano, aliada à solidez e credibilidade da Sforza, pesaram na decisão da Yum!, que realizou um excelente trabalho com as marcas”, disse Lincoln, em nota.

“Nosso rápido sucesso com o Taco Bell e a nossa avaliação de que o mercado de fast-food tem um enorme potencial de crescimento, motivaram este investimento em duas marcas que já fazem sucesso aqui”, acrescentou.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS