Vendas no varejo devem crescer 3% na América do Norte e EMEA

Pesquisa realizada pelo Grupo IHL aponta que o crescimento do varejo nesses países vai impulsionar a transformação digital

As vendas no varejo devem crescer 3% ao ano até 2021, diz o estudo da Zebra Technologies em parceria com o Grupo IHL. Os dados contemplam os mercados de toda América do Norte, da Europa, Oriente Médio e África, grupo conhecido como EMEA.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora! 

O aumento nas vendas será impulsionado principalmente pelo comércio eletrônico e pelas operações via omnichannel.

A pesquisa aponta ainda que o aumento no comércio on-line nas regiões contempladas não será acompanhado por fechamento de lojas físicas. O grande varejo (com mais de 50 lojas) fechou outubro de 2017 com um saldo líquido de 4080 lojas. Mais de 40% dos varejistas tiveram um aumento líquido nas lojas, enquanto apenas 15% fecharam mais lojas que abriram.

Vendas no varejo e tecnologia

As pesquisas apontam ainda que o mercado de varejo norte-americano registrará crescimento de vendas no valor de 5,5 trilhões de dólares. O aumento no número de vendas será acompanhando um acréscimo de aproximadamente 3% nos gastos nos próximos três anos à medida que os varejistas desenvolvem suas operações para suportar o comércio unificado entre ambiente on-line e off-line.

Os principais gastos com transformação digital devem ser direcionados para criação de códigos de barras eletrônicos, impressoras térmicas, scanners de código de barras e computadores móveis.

Leia também:

É assim que você vai fazer compra em 2020 – e será divertido 

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS