E-commerce sofre uma tentativa de fraude a cada 5 segundos

Levantamento analisou mais de 40 milhões de transações realizadas entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2017 e revelou milhões de fraudes

Ao longo de 2017, o e-commerce brasileiro sofreu uma tentativa de fraude a cada cinco segundos. O número é de estudo realizado pela Konduto, empresa de sistemas antifraude. A companhia analisou 40 milhões de transações no ano passado.

Segundo o estudo, o índice de tentativas de golpes virtuais foi de 3,03%, o que corresponde a uma transação fraudulenta a cada 33 processadas no comércio eletrônico. Este valor representa somente as tentativas de fraude, e não necessariamente a taxa de fraudes efetivas do e-commerce brasileiro.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora! 

De acordo com os dados,  a maioria dos pedidos ilegítimos ocorre entre 20 e 23 h, com 21,5% das tentativas, e quarta-feira é o dia da semana que em que acontecem mais compras perigosas.

Queda

Apesar de alta, a taxa de tentativas de fraudes do ano passado caiu 15,4% em relação a 2016. Segundo a empresa, o recuo deve-se ao crescimento de todo o ecossistema do e-commerce no Brasil, com um mercado cada vez mais maduro e com soluções que oferecem alta tecnologia e segurança para lojistas e clientes.

“A maioria destas transações ilegítimas é barrada pelos sistemas antifraudes ou pelo lojista antes mesmo da aprovação do pagamento na hora da compra, e os produtos sequer são enviados ao fraudador”, explicou, em nota Tom Canabarro, co-fundador da Konduto.

“Um e-commerce saudável não pode ter uma taxa de fraudes superior a 1% do faturamento, sob risco de advertências, multas e até mesmo descredenciamento junto às operadoras e bandeiras de cartão de crédito”, disse.

 

 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS