Meu Móvel de Madeira compra a Oppa e segue com expansão internacional

Companhia comprou 100% da Oppa e passa a operar, sozinha, a marca de decoração. Entenda a estratégia a partir de agora, segundo executivo da marca

A Meu Móvel de Madeira, varejo da região Sul de móveis e decoração com 12 anos de operação, comprou 100% da Oppa, sua principal concorrente na internet. Com a aquisição, a companhia, que já atuava com entregas em todo o País e operava uma loja física em Curitiba, deve acelerar a expansão no varejo físico.

De acordo com Ronald Heinrichs, proprietário e CCCO da Meu Móvel de Madeira, a aquisição faz sentido não apenas pelo mercado. “Compramos a Oppa porque entendemos que faz sentido em termos de posicionamento e faz sentido trabalharmos juntos”, afirmou à NOVAREJO.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora! 

O executivo não revelou o valor da transação. Com a operação, os fundos que estavam na Oppa fazem suas retiradas. A Oppa recebeu investimentos em 2012 dos fundos Monashees Capital e Kaszek Ventures, um ano após de ser inaugurada.

Rumores de mercado já sinalizavam interesse dos fundos em vender a Oppa, o que pode sinalizar que a marca não operava ainda em lucro – informação a que Heinrichs não confirmou.

Duas marcas

Segundo Heinrichs, não haverá uma fusão de marcas. As duas manterão suas identidades e operarão separadamente. “A ideia é manter as duas marcas separadas, porque acreditamos que o grande ganho dessa operação é a logística e o perfil dos consumidores”, afirmou.

 

Neste ano, diz o executivo, a ideia é consolidar as operações. “Por enquanto, a gente não está pensando em nada muito maior do que trabalhar as sinergias da operação. No back-office o que der para trabalhar em conjunto, vamos trabalhar em conjunto”, diz.

Leia também 
Especial Varejo de Nicho: um mercado que deve crescer em 2018

Expansão

Com a transação, as estratégias de expansão da Oppa serão analisadas. “Estamos analisando tudo. Por enquanto, a consolidação com a Oppa, com toda a estratégia omnichannel, é o mais importante. Vamos seguir um passo de cada vez”, diz. “Vamos entender melhor o que será feito”, disse.

O que não deve parar é a expansão da Meu Móvel de Madeira. A marca começou a operar e-commerce na Alemanha há mais de um ano e a operação já representa 10% do faturamento anual da companhia. No início deste ano, a marca começou a operar também na Inglaterra.

Leia também
Fundo adquire a Glambox e o e-commerce Men’s Market






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS