O próximo passo do Uber: o transporte público

O CEO global do Uber, Dara Khosrowshahi, deu pistas sobre a futura empreitada da companhia: o transporte público – algo que não necessariamente é novo para a companhia

Pixabay

Durante um evento organizado nos Estados Unidos, o CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, “dedurou” o possível próximo passo da companhia nos Estados Unidos e até mesmo mundo afora: o transporte público.

De acordo com o jornal Financial Times, Khosrowshahi afirmou que gostaria de ver o Uber expandindo o seu negócio para o transporte público e até “convidou” outras empresas de tecnologias e apostarem nessa empreitada. Ele citou como exemplo a Amazon.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Em seguida, perguntado se essa era um desejo real da companhia, o executivo disparou: “Eu quero executar os sistemas de ônibus para uma cidade. Eu quero que você pegue um Uber e entre no metrô. Ao sair, um Uber estará esperando por você”, disse.

Viação Uber

O curioso é que a mecânica de remuneração do transporte público (muitas vezes complementada com subsídio público) não necessariamente é nova, segundo observa o portal The Verge.

O UberPool surgiu como um serviço que se aproxima dos valores cobrados pelo transporte público. Mais do que isso, a empresa já realiza em Seattle, nos Estados Unidos, um serviço chamado UberHop, que, em linhas gerais, lembra um ônibus circular: há pontos fixos e pré-estabelecidos para “pegar um Uber”.

Outro modelo que guarda alguma semelhança com o poder público vem sendo empregado em Summit, Nova Jersey. Lá, a empresa recebe um subsídio do poder público para complementar a oferta de transporte da cidade. Outras cidades, caso de Altamonte Springs, no estado da Flórida, foram além: substituíram o transporte público por Uber. Há casos em que a empresa oferece bicicletas em determinadas cidades.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS