Disensa, marca de material de construção, chega ao Brasil com lojas de bairro

A marca franco-suíça aposta nas lojas de bairro de material de construção para ganhar espaço entre os varejistas nacionais

A rede de material de construção Disensa chega ao Brasil apostando nas lojas de bairro para ganhar terreno. A ideia do grupo franco-suíço LafargeHolcim, dono da Disensa, é lançar dez unidades até o final do primeiro trimestre. No primeiro momento, as lojas estarão concentradas no Rio de Janeiro.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora! 

Em janeiro deste ano, a Disensa inaugurou a milésima loja na América Latina, onde a rede atua em 20 países. No total, são 1.500 lojas somando América Latina, Oriente Médio e África. No Brasil, a ampliação deve contemplar sistema de franquias.

A rede traz ao Brasil um catálogo com mais de 8 mil itens para construção, reforma e decoração. Disponibilizará também linha de microcrédito e planos de financiamento, além de assistência técnica e vídeos tutoriais.

Aposta em influenciadores digitais

A estratégia de marketing da Disensa está focada na internet, até outro dia ignorada pelo setor. Além de serviços de chatbot, a marca contará com um grupo de influenciadores digitais de diferentes perfis que terão a missão de mostrar aos consumidores que o momento de reformar ou construção pode ser mais prazeroso do que costuma ser.

“Nosso objetivo é desmistificar a obra, tornando a experiência de compra única, pois alia a profissionalização de uma multinacional à proximidade e segurança do comerciante de bairro. Vamos empoderar esses pequenos lojistas, tornando seus negócios mais eficientes e rentáveis. Para isso, iremos investir US$ 8 milhões de dólares nos próximos cinco anos”, diz Patricia Gouvêa, gerente geral da Disensa no Brasil.

Leia também:

Dona na Leroy Merlin abre primeiro atacarejo de materiais de construção do país 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS