Muito mais do que apenas um streaming de música

O Spotify surgiu há dez anos e se transformou em uma complexa plataforma de comunicação sobre a música. E Cannes notou essa importância este ano

Por: - 1 ano atrás

Pexels

A proposta do Spotify há tempos deixou de ser um dos mais bem sucedidos reprodutores de música via streaming do mundo. Hoje, ele se transformou em uma fonte confiável de informações sobre diversos artistas e o contexto de criação das suas músicas.  Ele também é uma rede social e se transformou em uma espécie de concorrente do YouTube – e isso sem esquecer em um rico ecossistema de comportamento sobre os seus usuários a partir dos seus gostos músicas. Por esses e outros motivos, o Festival Internacional de Criatividade de Cannes anunciou que irá conferir o prêmio de Marca de Mídia do Ano de 2018 justamente ao Spotify. Daniel Ek, co-fundador, Chairman e Chief Executive Officer da plataforma, confirmou a presença no evento e receberá a premiação no festival deste ano na ensolarada e litorânea Cannes. “O Spotify transformou a maneira como nos envolvemos com a música. Nos dez anos desde que Daniel e sua equipe lançaram o serviço, ele passou a reformular o futuro da mídia e a transformar a maneira como artistas e marcas se comunicam com seus públicos.  Sua inovação contínua e parcerias com marcas fomentaram uma cultura de criatividade e uma plataforma para novos artistas compartilharem sua voz.  Estamos muito satisfeitos em poder reconhecer o Spotify com este prêmio”, disse Philip Thomas, CEO da Ascential Events e chairman eleito de Cannes.

Spotify

Maior serviço global de streaming de música do mundo com mais de 170 milhões de usuários em 65 países, o Spotify transformou a música para sempre quando foi lançado em 2008.